- Publicidade -
Início Planeta Desenvolvimento

Programa Recicleiros Cidades soma mais de 4 mil toneladas de resíduos reciclados

A operação já conta com 260 postos de trabalho e atende mais de 750 mil pessoas com coleta seletiva

Programa Recicleiros
Foto: Divulgação
- Publicidade -

O Programa Recicleiros Cidades encerrou o ano de 2021 com bons resultados: mais de 3 mil toneladas de resíduos reciclados. Presente em 16 cidades, 11 delas já em operação, o programa chega aos municípios com o objetivo de integrar os processos da coleta seletiva, reciclagem e logística reserva.

O programa implanta a coleta seletiva nos municípios, assessorando as prefeituras na implementação e ajudando o setor empresarial a cumprir a obrigação com logística reversa, oferecendo às empresas resultados certificados de reciclagem de embalagens pós-consumo com responsabilidade socioambiental e conformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Com equipamentos, assessoria técnica e gestão, são criadas oportunidades de trabalho e renda e qualificação profissional para pessoas em estágio de vulnerabilidade social e econômica, que passam por um programa de desenvolvimento socioprofissional de longo prazo, denominado Academia Recicleiros, que objetiva a emancipação econômica e operacional das novas cooperativas de catadores formadas.

- Publicidade -

O projeto é desenvolvido pelo Instituto Recicleiros desde 2018 e tem como investidora semente a SIG, empresa especializada em sistemas de envase e embalagens cartonadas. Com o Recicleiros Cidades, prefeituras de todos os estados têm a oportunidade de implementar e fortalecer a política pública de coleta seletiva em seus municípios, para que haja uma reciclagem inclusiva, de alto impacto e viável do ponto de vista econômico.

“Ao investirmos em um programa sério e comprometido como esse, temos a certeza de que a cadeia de resíduos está sendo respeitada, porque cumpre as determinações legais da política nacional de resíduos sólidos, oferece trabalho digno, com perspectivas para os catadores e cria um ambiente mais sustentável, com mais qualidade de vida para os seus moradores”, conta Para Isabela de Marchi, Gerente de Sustentabilidade da SIG na América do Sul.

Foto: Divulgação

O programa se consolida nas cidades brasileiras como um componente socioambiental inspirador e bem-sucedido do sistema de gestão de resíduos sólidos, que cria soluções para reduzir o impacto ambiental do lixo, oportunidades de trabalho digno e renda, além de promover a economia circular.

Em seu terceiro ano o programa soma 759 mil pessoas atendidas pela coleta seletiva em 11 cidades, com o programa em operação em dez estados, sendo eles: Ceará, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Rio de Janeiro, Paraíba, Paraná, Santa Catarina e Goiás. A expectativa é que outras nove unidades estejam em operação até julho de 2022.

Foto: Facebook | Recicleiros

Até o momento, o Programa Recicleiros Cidades já encaminhou para reciclagem uma quantidade total de quatro mil toneladas de materiais, sendo cerca de 30 toneladas de material cartonado. Quando falamos em oportunidades de trabalho e renda, já existem mais de 250 novos postos de trabalho em operação e cerca de 250 a serem ocupados com o crescimento de produção nestas unidades que já operam.  

Recentemente, o Instituto Recicleiros anunciou em parceria com a SIG, o lançamento da Academia Recicleiros do Gestor Público, sistema de acesso remoto a conteúdos instrucionais que visa orientar gestores municipais no desenvolvimento da política pública da coleta seletiva e reciclagem. A Academia é também a porta de entrada para os municípios que tenham interesse em participar do programa Recicleiros Cidades, como um processo de qualificação e seleção.

- Publicidade -

Ao navegar neste site você concorda com a nossa Política de Privacidade e uso de cookies para melhorar a sua experiência.

Ok
Sair da versão mobile