- Publicidade -
Início Mão na Massa Permacultura

Projeto usa permacultura para recuperar áreas incendiadas na Califórnia

- Publicidade -

Em novembro de 2018, dois incêndios gigantes na Califórnia (EUA) tomaram as páginas dos jornais. Com dezenas de mortos e feridos, foi o maior incêndio da história do estado. Passado oito meses, os estragos ainda podem ser vistos no solo e para mudar esse cenário grupos estão apostando na restauração ambiental das áreas afetadas por meio da permacultura. 

Batizada de “Camp Fire”, a tragédia alastrou-se por uma vasta região, sendo o condado de Butte, na cordilheira Sierra Nevada, o mais afetado. A vila Paradise foi quase totalmente destruída e é nesta área que está em ação o projeto de restauração ecológica, que visa aplicar métodos que levam em consideração às necessidades dos seres humanos, mas também as demandas da natureza. A iniciativa abarca especialistas em permacultura, construção natural, terras regenerativas e práticas agrícolas.

Criar ecossistemas saudáveis ​​com fontes de alimentos locais sustentáveis, construir casas e edifícios seguros contra incêndios e ensinar as comunidades locais sobre restauração de ecossistemas são alguns dos objetivos.

- Publicidade -

O grupo está criando locais que servirão de modelo para aplicação de tecnologias. A ideia é que as técnicas ecológicas aprendidas, na teoria e na prática, sirvam não só de inspiração, mas também de capacitação aos participantes. Desta forma, eles aprendem um novo ofício, uma vez que muitos moradores perderam suas casas e também seus meios de subsistência. 

O projeto ainda conta com uma infraestrutura de “acampamento móvel”, que inclui três banheiros secos de compostagem, um chuveiro aquecido ao ar livre, sistema de filtragem de água, cozinha e pia ao ar livre – todas as tecnologias são de baixo custo e fáceis de construir. De forma a tornar o trabalho mais fácil de ser conduzido para outros locais.

A estrutura também prioriza o ar livre. Assim os participantes “podem sentir a mudança da temperatura, a beleza, a vida dos insetos – é essa experiência sentida que é acessível às pessoas que inspira a mudança cultural”, diz o site do projeto. “Nossa ação coletiva criará um modelo sustentável e regenerativo, tendo comunidades resilientes e restauração paisagística”.

O experimento, que conta com a ajuda de diversos voluntários, tem como base o trabalho de John Dennis Liu, um cineasta e ecologista chinês-americano. Liu é fundador de um movimento mundial que visa restaurar os ecossistemas danificados em grande escala. Projetos como este da Califórnia, já foram implantados no México e na Espanha.

“Outros acampamentos foram instalados em locais onde a terra foi degradada ao longo do tempo pela atividade humana, mas nosso acampamento é único por ser uma resposta a um desastre ambiental específico”, explica um texto do projeto.

Para saber mais sobre o trabalho que está sendo realizado na Califórnia, acompanhe aqui


- Publicidade -

Ao navegar neste site você concorda com a nossa Política de Privacidade e uso de cookies para melhorar a sua experiência.

Ok