- Publicidade -

Sabão para lavar roupas ajuda a limpar rios no Peru

- Publicidade -
Empresa desenvolveu sabão em barra com microrganismos que se alimentam de poluentes e purificam a água
Por
11 de maio de 2021
- Publicidade -

Muitas mulheres peruanas lavam as roupas da família na água dos rios. Uma tradição que é também um momento de encontro e trocas. O problema é que os detergentes químicos para a roupa contribuem para a contaminação da água que muitas vezes também é usada para beber.

Foto: Projecto AWA

Há dois anos, a marca peruana de água mineral Andea começou a pesquisar como ajudar a proteger os cursos de água naturais, incluindo aqueles que alimentam a nascente de onde obtêm seus produtos. 

Em parceria com a agência de criação Fahrenheit DDB e pesquisadores da CIRSYS, foi descoberto um microrganismo com função probiótica que se alimenta de poluentes da água. Para que este microrganismo chegasse às águas dos rios, a empresa criou um sabão em barra que libera este probiótico quando é usado para lavar roupas.

Foto: Projecto AWA
Foto: Projecto AWA

De acordo com a Andea, as amostras de água coletadas antes e depois do uso do sabão AWA indicam que a qualidade da água melhorou em até 75%.

O próximo passo foi distribuir barras deste sabão gratuitamente nas comunidades que vivem perto dos rios e têm o hábito de lavar roupas às suas margens. Agora, as mulheres limpam o rio e suas roupas ao mesmo tempo.

Para que esta solução possa chegar a outros países e ajudar a limpar a água de outros rios pelo mundo, a fórmula do sabão AWA foi disponibilizada gratuitamente para agências governamentais, organizações ambientais e fabricantes de detergentes. A estimativa é que 159 milhões de pessoas em todo o mundo bebam água não tratada de fontes de água de superfície.

Foto: Projecto AWA
- Publicidade -
COMPARTILHE
- Publicidade -