- Publicidade -
Início Inovação Inspiração

Ação de limpeza recolhe 12 mil bitucas numa única manhã

Coleta faz parte de iniciativa que está percorrendo Portugal com o objetivo de recolher 1 milhão de bitucas

bitucas de cigarro
Foto: The Trash Traveler
- Publicidade -

As bitucas de cigarro já somam a maior parte do lixo encontrado nas praias do Brasil. Carregadas de elementos químicos nocivos à saúde e ao meio ambiente, elas representam uma ameaça globa e, infelizmente, estão em todo o planeta. Prova disso é que uma iniciativa de coleta de resíduos em Portugal recolheu, em uma única manhã, 12 mil bitucas de cigarro.

No sábado, dia 4 de setembro de 2021, a ação de limpeza focada especificamente em bitucas durou uma hora e meia e envolveu 25 voluntários no Cabo da Roca. A prefeitura de Sintra disponibilizou “bitucódromos”, cinzeiros de grande dimensão com visualização métrica de capacidade, para medir os resultados da coleta.

“A Caminhada das Beatas”, como são chamadas as bitucas em Portugal, é parte de uma iniciativa mais ampla de limpeza idealizada e realizada por Andreas Noe, chamada de “The Trash Traveler”, ou O Viajante do Lixo.

- Publicidade -

O ativista está percorrendo Portugal, de norte a sul, entre 5 de agosto e 28 de setembro, e já promoveu a coleta de mais de 200 mil bitucas, além de plásticos e outros resíduos.

1 milhão de bitucas

O objetivo da ação inclui recolher um milhão de bitucas e bater o recorde mundial de coleta deste tipo de resíduo, além da conscientização sobre o impacto ambiental do descarte incorreto.  

Foto: Facebook | The Trash Traveler

Após um processo de limpeza dos elementos tóxicos, as bitucas, que contêm plástico na sua composição, podem ser transformados em novos produtos.

Por serem leves e pequenas, as bitucas descartadas sem o devido cuidado acabam em cursos de água, como córregos, rios e muitas vezes no mar, provocando contaminação da água e colocando em risco a vida marinha.

O Viajante do Lixo

Foto: Facebook | The Trash Traveler

A “Caminhada das Beatas” é a segunda fase da iniciativa de Andreas. Em 2020 ele promoveu a coleta de cerca de 1,6 tonelada de plástico da costa portuguesa. “Ainda que tenham sido recolhidas 1,6 toneladas de lixo, o foco não é a limpeza! O objetivo principal é o de mudar hábitos e reduzir a utilização de plástico descartável tanto quanto possível e focarmo-nos numa Economia Circular”, afirma.

Esta história deu origem a um documentário de sensibilização para o plástico, que será exibido em outubro em Sintra. O evento terá a presença do “Viajante do Lixo” e a apresentação de uma escultura executada com o plástico coletado.

- Publicidade -
Sair da versão mobile