- Publicidade -

5 motivos para beber mais água

Urologista e nutricionista dão dicas para manter-se hidratado e garantir o bom funcionamento do corpo.

beber água
Foto: Engin Akyurt | Unsplash
- Publicidade -

Apesar de ser uma tarefa fácil, muitas vezes não percebemos a importância de beber água. A Organização Mundial da Saúde orienta que adultos devem ingerir de dois a três litros de água ao longo do dia para evitar problemas de saúde.

“Para pessoas que praticam atividade física, a quantidade aumenta. Ao realizar exercícios é comum perder água, e é necessário repor o estoque de eletrólitos, itens fundamentais para dar energia imediata ao corpo”, pontua Maruza Siqueira Rebelo, nutricionista da Bodytech Eldorado.

A água é essencial para qualquer ser vivo, pois tem papel fundamental nos processos de respiração, circulação, digestão dos alimentos, entre outras funções. Principalmente agora, na estação mais quente do ano, aquela garrafinha d’água ao lado salva o dia a dia, especialmente quando as temperaturas chegam aos 40°C. É o que indica o médico urologista e Mestre em Fisiopatologia e Ciências Cirúrgicas pela UERJ, Eduardo Leze.

- Publicidade -

“Para não esquecer ou deixar para depois, a dica é manter uma garrafinha de água sempre por perto, seja no trabalho, no treino ou em casa. É como ser constantemente lembrado de que precisa beber água”, explica o médico Eduardo Leze.

O corpo é composto de 60% a 70% de líquido, e acabamos perdendo muito através da transpiração, respiração e pelo gasto metabólico do dia a dia, por isso, é necessário repor água o tempo todo.

Foto: iStock

Não existe uma fórmula exata para medir o nível de água que cada pessoa deve ingerir por dia, mas uma dica seria sempre ver a cor da urina (deve ser clara, um amarelo quase transparente). Logo pela manhã, na primeira vez que for urinar, é normal ela estar mais amarelada. Portanto, no decorrer do dia, o ideal é se hidratar até que a cor da urina fique quase transparente. Esse é o ponto certo de hidratação.

De todo modo, a nutricionista Maruza indica uma quantidade de água de 35ml x kg (peso corporal).

“Esse valor deve ser ajustado se houver suor excessivo, diarreia, vômitos, consumo de bebidas alcoólicas, consumo excessivo de carnes. Ou qualquer outra situação que cause desidratação”, alerta Maruza Siqueira Rebelo, nutricionista.

Segundo a nutricionista, para garantir o consumo ideal, vale incluir a ingestão de chás, água saborizada ou com gás. “É possível contar com a ajuda de aplicativos que ajudam a lembrar que está na hora de se hidratar”, ressalta.

Infecções urinárias

No verão, também devemos ficar mais atentos às infecções urinárias, que se tornam mais frequentes. “Isso acontece porque perdemos muito líquido pelo suor e, com isso, diminui o volume de urina produzido, se tornando um ‘prato cheio’ para as bactérias aderirem à bexiga”, pontua o urologista.

Por essa razão, é sempre indicado beber muito líquido e não prender o xixi de maneira alguma, pois aumenta as chances de infecção.

Foto: Pixabay

Se você acha que faz xixi demais, saiba que o ideal é urinar a cada duas ou três horas, mesmo sem vontade, para manter a bexiga vazia, segundo Leze.

Alerta: Caso perceba que a urina está com odor forte, coloração escura ou se sentir ardência ao urinar, procure um especialista, pois podem ser sinais de baixa ingestão de líquidos ou até mesmo de uma infecção.

Além disso, o líquido escuro sugere diferentes doenças, como alterações na vesícula biliar e no pâncreas, por exemplo.

Os especialistas pontuaram 5 motivos para beber mais água:

  • Evita a desidratação

Uma pequena desidratação já atrapalha o funcionamento do cérebro, e os pensamentos e reflexos ficam mais lentos. A função muscular também fica reduzida, tanto nos exercícios quanto na recuperação deles.

  • Ajuda na circulação do sangue

A circulação sanguínea fica ruim quando estamos desidratados, mesmo que levemente.

  • Previne problemas renais

Quando há menos líquido passando pelos rins, a chance de formação de pedras ou cristais aumenta.

  • Pele, unhas e cabelos mais saudáveis

A água na medida certa garante elasticidade e textura de estruturas e órgãos como a pele. Pouca água pode causar o ressecamento da pele e a fraqueza de cabelos e unhas.

  • Evita dores de cabeça e mau humor

Esses sintomas podem ser consequência de uma desidratação leve. O ideal é não esperar sentir sede para se hidratar.

LEIA MAIS:

- Publicidade -

Ao navegar neste site você concorda com a nossa Política de Privacidade e uso de cookies para melhorar a sua experiência.

Ok