Ícone do site

Projeto restaura 253 hectares de vegetação nativa no Paraná

20 pequenos produtores fazem parte do programa que ajuda a salvar araucárias da extinção.

Published 27/06/2022
projeto araucária

Foto: Conexão Araucária

Voltado à preservação e recuperação de áreas verdes nativas, o projeto Conexão Araucária anuncia a restauração ecológica de 253 hectares de vegetação nativa na região sul do País, estando a pouco mais de 80 hectares de alcançar a meta de 335 previstos no projeto, que teve início em 2017.

Desse total recuperado, 195,44 hectares são referentes a propriedades privadas. Os resultados seguem na direção da meta previamente estabelecida, de chegar a 203,39 hectares de floresta de araucária em propriedades privadas.

O êxito do projeto em APPs (Áreas de Proteção Permanente) em propriedades de produtores Integrados da JTI, demonstra grande adesão dos agricultores ao projeto e a eficácia do incentivo dado pelo programa, como o fornecimento de materiais de cercamento, insumos e mudas para o plantio. Atualmente, fazem parte do programa 182 produtores distribuídos em oito municípios do estado do Paraná.

O Conexão Araucária é desenvolvido pela SPVS (Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental) e conta com financiamento da JTI (Japan Tobacco International) e do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento), além de ter o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e da Sociedade Chauá.

Foto: Webysther Nunes CC 4.0

Para além de sua importância sustentável, auxiliando na recuperação de ecossistemas degradados e no restabelecimento da cobertura vegetal, as ações do projeto movimentam a economia local, impulsionando a aquisição de produtos e serviços, além de criar oportunidades de trabalho para moradores locais, oferecendo capacitação de mão de obra para a cadeia da restauração.

Flavio Goulart, diretor de Assuntos Corporativos & Comunicação da JTI, afirma que o apoio da empresa em ações como essa está atrelado à estratégia de sustentabilidade global da empresa. Ela determina três requisitos absolutos para a sustentabilidade, sendo eles: respeito aos direitos humanos, promover melhor impacto social e ambiental e boa governança corporativa e padrões de negócios. “Promover a restauração ecológica é olhar para o futuro, pensando que nossos recursos naturais não são infinitos. Em sua cadeia produtiva de ponta a ponta, a JTI tem total comprometimento com ações com foco no meio ambiente. Essas práticas fortalecem uma gestão realmente responsável e benéfica para sociedade”, diz.

LEIA MAIS: