- Publicidade -
Início Planeta Desenvolvimento

Saber quilombola ajuda a restaurar a Mata Atlântica

Rede de Sementes do Vale do Ribeira reúne 42 coletoras e coletores de sementes de quatro quilombos

sementes quilombolas
Projeto construiu espaço próprio e entregou muvucas de sementes aos participantes. Foto: Andressa Botelho
- Publicidade -

Por ISA – Instituto Socioambiental

A Rede de Sementes do Vale do Ribeira agora tem uma casa para chamar de sua. O movimento, que reúne 42 coletoras e coletores de sementes de quatro quilombos, inaugurou no dia 15 de dezembro de 2021 a Casa de Sementes Jucão, no Quilombo Nhunguara, município de Eldorado (SP).

A estrutura, construída em taipa de pilão com cascalho com rio Ribeira do Iguape, fica no alto de uma colina do quilombo, e tem capacidade para armazenar toneladas de sementes florestais, que serão utilizadas em plantios para restaurar a Mata Atlântica. As paredes, com 40 centímetros de espessura, ajudam a regular umidade e temperatura.

João Catá, coletor do quilombo Nhungara. Foto: Andressa Botelho | ISA
- Publicidade -

O nome da Casa de Sementes homenageia José Rodrigues de Almeida, o Jucão, liderança histórica do Quilombo Nhunguara, sempre presente nas lutas pelo reconhecimento de seu território e pela saúde das comunidades quilombolas. Jucão era um agricultor de mão cheia, disposto a batalhar pelas roças tradicionais. Ele morreu em novembro de 2021 aos 65 anos.

“É mais do que justo homenagear meu primo, Jucão, uma pessoa que sempre quis o bem comum”, disse o coletor João Catá, também do Quilombo Nhunguara. “Por isso, peço para os jovens: vamos preservar a floresta. Num momento como esse é que a gente vê como esse trabalho é importante.”

Assista ao vídeo que conta esta história:

A cerimônia de inauguração contou com representantes dos quatro quilombos que fazem parte da Rede de Sementes do Vale do Ribeira – André Lopes, Maria Rosa, Nhunguara e Bombas. Hoje, os quilombolas coletam 150 espécies, e em 2021 coletaram 1,4 tonelada de sementes, o que vai resultar no plantio de mais de 40 hectares de novas florestas.

“Esse trabalho vem dando certo, vem dando resultado para o pessoal que está coletando as sementes. É uma renda a mais para a comunidade”, afirmou Adair Soares da Mota, do Quilombo Nhunguara.

CLIQUE E CONHEÇA O CATÁLOGO DA REDE DE SEMENTES DO VALE DO RIBEIRA

Foto: Reprodução

Durante o evento, quilombolas e parceiros presentes foram convidados a depositar um pouco das sementes coletadas no centro de uma roda, que aos poucos se transformou em uma grande mistura de sementes – ou muvuca – que será utilizada para o plantio de uma nova floresta. Aos poucos, o chão se transformou em uma explosão de cores.

“Depois de uma caminhada de quatro anos, vim para cá confiante de que estamos no caminho certo. A casa é de toda a Rede de Sementes do Vale do Ribeira”, disse a coletora Maria Tereza Vieira, do Quilombo Nhunguara.

“Uma casa dessas, construída com terra, agora vai guardar a semente que vai semear a terra.”

Alain Briatte Mantchev, Laboraterra Arquitetura
Casa foi construída com cascalho do Rio Ribeira do Iguape. Foto: Andressa Botelho | ISA

Para Alain Briatte Mantchev, da Laboraterra Arquitetura, responsável pelo projeto, a Casa de Sementes Jucão é “uma construção coletiva de suor e energia”, celebrou.

“A relação entre homem e natureza vai se potencializando com a coleta de sementes e dando visibilidade para as comunidades”, afirmou Rodrigo Marinho, da Equipe de Articulação e Assessoria às Comunidades Negras (Eaacone). “É importante porque dá visibilidade, amplia a renda e fortalece ainda mais a nossa identidade.”

As ações do ISA com a Rede de Sementes do Vale do Ribeira contam com apoio da União Europeia e da Good Energies.

Como ajudar?

Você pode contribuir com o ISA que há décadas trabalha com ações de comunicação, articulação e mobilização política na defesa dos direitos dos povos indígenas, quilombolas e das populações tradicionais. Os recursos da sua filiação serão direcionados para o Fundo de Defesa dos Direitos dos Povos, além de iniciativas para adesão de novos apoiadores.

Imagem: Reprodução | ISA

LEIA MAIS:

- Publicidade -

Ao navegar neste site você concorda com a nossa Política de Privacidade e uso de cookies para melhorar a sua experiência.

Ok