- Publicidade -
Início Mão na Massa Faça você mesmo

Plantas no apartamento: arquiteto dá dicas para criar ‘Urban Jungle’

Tendência segue em alta, trazendo frescor e bem estar para dentro de casa.

plantas em casa
Foto: Brina Blum | Unsplash
- Publicidade -

Aconchego e bem-estar. Essas talvez sejam as palavras mais desejadas para se definir um lar, especialmente agora, em que as residências ganharam também função de refúgio. Por isso, a busca pelo verde e pela natureza se tornou ainda maior, fazendo do estilo Urban Jungle uma tendência atual na decoração.

A vida nas cidades grandes é muito cercada de cinza, então a conexão com a natureza acaba vindo na decoração, trazendo diversos benefícios para o dia a dia”, opina o arquiteto e paisagista Cezar Scarpato, a frente do escritório Scarpato Arquitetura Paisagística.

Em bom português, a expressão significa “floresta urbana” e remete à natureza, mas não se limita simplesmente às folhagens – revestimentos, obras de arte e mobiliários, por exemplo, podem contribuir com o estilo Urban Jungle.

- Publicidade -

“A tendência vem para trazer bem-estar e acolhimento, criando espaços que abracem e recarreguem as energias”

Cezar Scarpato, arquiteto e paisagista

Qual planta ter em casa?

Ao falar de Urban Jungle, é claro que a primeira coisa que vem à mente são as plantas. “A principal dica é escolher espécies que se encaixem com a rotina da pessoa e com as condições que o lar oferece. Plantas são vivas, afinal, e demandam cuidados específicos”, diz Scarpato.

Via de regra, o ambiente precisa de uma boa iluminação e ventilação para receber as espécies, ainda que existam aquelas que demandem mais luz solar ou menos, por exemplo, de sombra ou meia-sombra.

“As suculentas, samambaias, jiboias e dracenas são boas opções”, indica o arquiteto e paisagista. E como uma das características mais marcantes do estilo é justamente o verde, Scarpato indica priorizar espécies com bastante folhagem, ainda que as flores também sejam bem-vindas.

Como organizar as plantas em casa?

Saber o tipo de espécie que irá compor o estilo do ambiente determina a melhor maneira de dispor as plantas. Vasos de diversos tamanhos e materiais, estantes e prateleiras verdes são ótimas pedidas.

“Vale misturar estilos e tamanhos diferentes de vasos, para criar uma composição rica”

Cezar Scarpato, arquiteto e paisagista

O jardim vertical também é uma das alternativas mais buscadas, permitindo a criação de uma parede vistosa e fácil de cuidar.

Vistoso e cheio de folhagens, o jardim vertical trouxe vida para o projeto de Cezar Scarpato, que complementou o décor com vasos floridos

“A estrutura pode ser de diversos materiais e estilos, como pallets, treliças, tábuas de madeiras e outros. O importante é sempre considerar um ponto de elétrica para a irrigação automática e também o quanto a parede suporta de peso”, explica Scarpato.

Materiais naturais na decoração

Criar um lar que explore o estilo Urban Jungle vai muito além de trazer as plantas para dentro de casa – para conferir harmonia e reforçar o clima de natureza, os materiais naturais são aliados, e podem aparecer nos revestimentos e mobiliários. “As madeiras, fibras naturais e palhas são ótimas apostas”, exemplifica.

Revestimentos ou papeis de parede estampados com temáticas que evocam a biofilia também são boas pedidas, levando as folhagens também para as paredes. “Um balanço também pode contribuir para o clima desejado, trazendo um elemento de relaxamento”, sugere Scarpato.

Elementos decorativos

Por fim, até mesmo os objetos decorativos e de arte podem contribuir para a estética Urban Jungle. “Trazer um conjunto de quadros botânicos, com ilustrações ou fotos, para um living, por exemplo, ou até fazer uma composição de pratos floridos em uma parede de cozinha trazem os elementos da natureza e reforçam a atmosfera desejada”, indica.

Foto: Prudence Earl | Unsplash

Leia também:

- Publicidade -

Ao navegar neste site você concorda com a nossa Política de Privacidade e uso de cookies para melhorar a sua experiência.

Ok
Sair da versão mobile