- Publicidade -
Início Mão na Massa Faça você mesmo

Como fazer um forno solar gastando pouco

Tutorial ensina a usar chapas de papelão e papel alumínio para fabricar um forno solar em casa.

Como fazer um forno solar gastando pouco
Fotos: USP TV / Youtube
- Publicidade -

Você sabia que é possível fazer um forno solar de baixo custo em casa? É o que mostra o tutorial captado pela reportagem do Canal USP, que usa papelão e papel alumínio para fabricar o utensílio. O passo a passo é conduzido pelo professor Alberto Hernandez Neto da Escola Politécnica da USP.

Os itens que você precisará para fazer o forno solar são:

  • 2 chapas de papelão (65 x 90 cm)
  • Papel alumínio
  • Estilete
  • Fita dupla face
  • Alicate e arames
  • Lápis
  • Barbante
  • Instrumento de ponta
  • Trena 
  • Régua
  • Envoltório de plástico ou vidro
  • Panela preta (20 litros)
  • Cola

No vídeo abaixo você confere detalhes de como montar o seu forno solar:

Este tutorial é parte de um projeto maior que quer levar fogões solares para comunidades de baixa renda em São Paulo. A ideia é que o fogão ecológico seja uma alternativa para famílias que hoje usam lenha ou carvão para cozinhar.

- Publicidade -

Atendendo três Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, o projeto vai mostrar que é possível usar a energia do sol, que é de graça, para cozinhar e assar alimentos de forma eficiente, segura e sem geração de poluentes. 

Para o professor Alberto Hernandez Neto, da Escola Politécnica da USP, “não há desafios tecnológicos, porque já está bem construída a tecnologia, é muito mais uma mudança cultural”. Ele ressalta que o cozimento demora um pouco mais, em comparação ao fogão a gás, e é preciso entender isso na hora da preparação. 

Saúde x Uso de lenha 

Usar lenha ou carvão para cozinhar parece coisa do passado, mas o último dado do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que, em 2018, 14 milhões de famílias utilizaram estes meios para preparar suas refeições.

O aumento do desemprego e elevado preço do gás de cozinha são algumas das justificativas apontadas. Também pode-se considerar que muitas famílias que vivem longe dos grandes centros urbanos ainda possuem o hábito de cozinhar com o fogão a lenha, o que é intensificado em tempos de alta no preço do gás. 

A poluição em ambientes internos é justamente advinda da queima de lenha, carvão, querosene – seja para aquecer e/ou iluminar a casa como também para cozinhar alimentos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que os efeitos da poluição externa e interna do ar causam 7 milhões de mortes por ano.

Diferente do forno solar ensinado no vídeo, as famílias receberão equipamentos mais resistentes feitos de concreto. Saiba mais sobre o projeto neste vídeo da TV USP.

Veja também o fogão solar de sucata desenvolvido por um pesquisador brasileiro.

- Publicidade -
Sair da versão mobile