Salvador tem o 1ª hotel do Nordeste com certificação Green Key

Mercure Rio Vermelho Salvador foi o primeiro hotel da região Nordeste a receber reconhecimento por práticas socioambientais

piscina hotel salvador
Piscina do Mercure Salvador Rio Vermelho. Foto: Accor

Depois de celebrar a certificação do Novotel Itu Golf & Resort, que se tornou o primeiro resort do Brasil a conquistar a Green Key, a Rede Accor anuncia mais um reconhecimento. O Mercure Salvador Rio Vermelho, se tornou o primeiro hotel da região Nordeste do Brasil a receber a mesma certificação, principal selo de excelência socioambiental dentro da indústria de turismo e hospitalidade.

A cerimônia de entrega da premiação aconteceu nesta quinta-feira, 11 de abril, e reuniu representantes do hotel e do Green Key. A conquista é resultado da colaboração entre a Accor e associações globais reconhecidas pelo Global Sustainable Tourism Council (GSTC), que avaliam os estabelecimentos em quatro pilares fundamentais da sustentabilidade: gestão sustentável, impactos ambientais, impactos culturais e impactos socioeconômicos. Tais critérios são confirmados por auditorias independentes conduzidas por terceiros, garantindo a integridade das práticas hoteleiras.

“Ao nos tornarmos o primeiro hotel no Nordeste a alcançar este marco, não apenas abrimos novos horizontes para o turismo sustentável na região, mas também lideramos pelo exemplo, inspirando outros a seguir nosso caminho”, conta Daniel Betiol, gerente do Mercure Salvador Rio Vermelho.

certificação green key hotel mercure rio vermelho salvador
Equipe do Mercure Rio Vermelho Salvador recebe a certificação Green Key. Foto: Divulgação | Accor

Com mais de 5.000 estabelecimentos certificados em 60 países, o Green Key é o principal selo de excelência no campo da responsabilidade ambiental e operação sustentável dentro da indústria de turismo e hospitalidade. No Brasil, o Programa é coordenado pelo Instituto Ambientes em Rede (IAR). O processo de certificação propõe um grande número de critérios, divididos em 13 temas principais que abordam aspectos relacionados à gestão ambiental, conservação de energia, gestão de resíduos, conservação da água, entre outras práticas sustentáveis.

“Estamos firmemente convencidos que os esforços para reduzir a pegada ambiental na indústria hoteleira desempenham um papel crucial na preservação das belezas naturais de nosso país. O programa responde de maneira proativa à crescente demanda de turistas conscientes que buscam opções de hospedagem com valores ambientais, sociais e responsáveis”, ressalta Leana Bernardi, coordenadora nacional do Green Key.

hotel salvador, vista para o mar
Janela de um dos quartos do Mercure Rio Vermelho Salvador. Foto: Accor

Antonietta Varlese, SVP de Sustentabilidade e Comunicação da Accor Américas, na divisão Premium, Midscale & Economy, conta que 12% dos 5,4 mil hotéis da rede nas Américas são certificados, mas que a meta é que esta percentagem se aproxime de 100% até o final de 2026.

“Estamos avançando fortemente com as certificações sustentáveis em nossos hotéis com a meta de certificar todos os empreendimentos da rede nas Américas até 2026. Ao celebrarmos o marco do primeiro hotel certificado pela Green Key na região Nordeste, reforça ainda mais o nosso compromisso de contribuir para zerar as emissões de carbono globalmente até 2050 e reduzir nossas emissões absolutas até 2030”, explica a executiva.

piscina hotel mercure rio vermelho salvador
Foto: Accor