A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês) estima que 870 milhões de pessoas passam fome no mundo. Enquanto isso, um terço do alimento produzido para consumo humano é perdido ou desperdiçado. Na tentativa de reduzir essa discrepância, o Instituto Alana criou o “Movimento Satisfeito”, que sugere uma redução na quantidade de comida servida nos restaurantes.

A ideia é que o estabelecimento possibilite ao cliente pedir sua refeição na versão normal ou na versão “satisfeito”, o que significa dois terços do tamanho original. Para estimular os consumidores e não dificultar o ganho do restaurante, o valor do prato deve ser o mesmo.

Com a porção reduzida, o restaurante terá uma economia, logo deve transferir, em dinheiro, o resultado da ação às organizações inseridas no programa, que são: Centro de recuperação e educação nutricional, ONG Banco de Alimentos e Seeds of light. Cabe a elas destinar o montante arrecadado às atividades de segurança alimentar, que vão além da oferta de refeições.

Logicamente, o movimento só tomará força com a ação conjunta entre consumidor e restaurante. A iniciativa também busca parcerias com as organizações que trabalham pela segurança alimentar de crianças em todo o mundo.

Baseado no World Food Programme (programa de alimentação da ONU), são necessários apenas 25 centavos de dólar para oferecer uma refeição diária com todos os nutrientes para o desenvolvimento saudável de uma criança em idade escolar.

Caso tenha interesse em incentivar as instituições que trabalham pelo combate à fome infantil, veja aqui os estabelecimentos que participam do “Movimento Satisfeito”.

Os donos de bares, lanchonetes, padarias e restaurantes podem fazer o cadastro aqui.

Veja abaixo o vídeo do projeto apresentado por Serginho Groisman: 

Redação CicloVivo

 

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.