Ícone do site

Mapeei reabre em nova loja que reúne marcas sustentáveis

Primeira loja “lixo zero” do Brasil renova modelo de negócio para dar visibilidade a empresas comprometidas com o meio ambiente

Published 29/06/2022
mapeei

Foto: Facebook | Mapeei

Julho é o mês escolhido para um dos maiores movimentos mundiais para redução da poluição plástica no mundo: o Plastic Free July, ou Julho Sem Plástico, traz ações e busca conscientizar as pessoas da necessidade urgente de reduzir o uso de plástico, especialmente o descartável. Para abrir este mês tão importante, um novo espaço colaborativo vai ser inaugurado pela Mapeei, primeira loja “lixo zero” do Brasil.

A Mapeei fechou as portas da antiga loja que ficava na Augusta e retorna com um novo conceito de negócio que abre espaço a todas as pessoas e empresas comprometidas com o meio ambiente e que têm como missão despertar na população a importância de fazer sua parte pelo planeta, consumindo de forma consciente, ética e transparente para uma vida mais sustentável.

Lori, fechando a antiga loja na Rua Augusta. Foto: Facebook | Mapeei

“Estamos há anos pesquisando produtos, práticas e hábitos, não só no Brasil como ao redor do mundo, que sejam justos, sustentáveis e que consigam dar suporte para uma vida rumo ao desperdício zero e, principalmente, que combata a poluição plástica crítica que vivemos na atualidade”, diz Lori Vargas, idealizadora e proprietária da Mapeei.

Foto: Facebook | Mapeei

O novo espaço colaborativo vai ser uma alternativa para que pequenos e grandes produtores, artistas locais e artesãos sustentáveis possam dar mais visibilidade aos seus produtos, em um estilo market place.

Lixo plástico

Foto: NTB | ndla.no

De acordo com a ONU Meio Ambiente, o Brasil é o quarto maior produtor de lixo do mundo e recicla apenas 3% de todo o lixo produzido no país. Um estudo da WWF – Solucionar a Poluição Plástica – Transparência e Responsabilização, aponta que cada brasileiro produz 1 kg de lixo plástico por semana. 

Se nada for feito, as previsões são de que, em 2050, o mar terá mais plástico que peixes. Mesmo depois de 10 anos do início do movimento Plastic Free July, o cenário ainda é preocupante. Dados da Fundação Plastic Free July revelam que 12,7 milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos.

Foto: Facebook | Mapeei

O que podemos fazer?

Além do cobrar do poder público e de empresas medidas efetivas pela redução do uso do plástico e apoio à economia circular, podemos fazer a nossa parte com as escolhas que estão ao nosso alcance.

Foto: Facebook | Mapeei

O Julho sem Plástico é um bom momento para dar o primeiro passo para evitar ao máximo o consumo de tudo que for descartável. A dica é repensar as formas de consumo, recusar o que não precisamos (e o que acaba só gerando lixo), optar por hábitos mais sustentáveis e, sempre que precisar de um novo item, entender a cadeia de produção e de descarte de cada item a ser comprado.

“A Mapeei nasceu porque percebemos que, mesmo com um estilo de vida produzindo o mínimo de lixo, ainda tinha muito o que melhorar. Nós sentimos que as pessoas se preocupavam com o meio ambiente, mas faltava o acesso ao conhecimento e às ferramentas necessárias para dar este salto. Então a Mapeei é a ponte que liga o ‘desejo de melhorar’ ao ‘como melhorar’”, explica Lori.

Foto: Facebook | Mapeei

O novo espaço na região de Pinheiros trará marcas parceiras desde o início, como a Jaci Natural, a Ares de Mato e a Santo Incenso, além de inúmeras novidades em sustentabilidade. 

Todo parceiro da loja colaborativa poderá contar com serviços como curadoria, infraestrutura física, opção de venda na loja física ou online, equipe de vendas qualificada, troca de experiências e atendimento personalizado, estrutura para realização de cursos, workshops e eventos, espaço café, pet-friendly.

Inauguração da Mapeei Colab Sustentável 

Foto: Facebook | Mapeei

LEIA MAIS: