As tampinhas de plástico da Coca-Cola ganharam uma segunda vida na campanha “2nd Lives”. Por meio da ação, foi lançada uma linha de 16 tampas funcionais de garrafas que podem ser reutilizadas após o consumo.

Pincel, squeeze, apontador de lápis e canetas de colorir são alguns dos objetos divertidos e úteis desenvolvidos pela empresa a partir de tampinhas, que seriam descartadas, acopladas a outras ferramentas. A ideia da iniciativa mostra que, com um pouco de criatividade, as garrafas podem ter infinitos usos, prolongado seu tempo de vida, antes de ser reciclada.

Lançada no Vietnã, a campanha da Coca-cola se uniu à agência de publicidade Ogilvy & Mather China para criar o conceito, que reafirma um hábito que muitas pessoas já têm de reutilizar garrafas de plástico.

Foram produzidas 40 mil tampas personalizadas para a ação, confira abaixo o vídeo.  

Então combater o plástico com mais plástico seria a solução?

Para Matt Hickman, colunista do site Mother Nature Network, a questão tem dois lados.

“Mesmos sabendo que mais plástico será produzido, e que, de alguma forma, eles um dia acabarão no lixo, me parece que o objetivo final e mais admirável da ação, é conseguir com que as pessoas, principalmente as que moram em áreas remotas onde a reciclagem do plástico é escassa ou até mesmo inexistente, vejam as garrafas de refrigerante sob um olhar completamente diferente através de objetos repletos de bem potencial, além do seu uso inicial. Trata-se de pensar fora da garrafa."

A campanha gerou reações divergentes desde que iniciada. Qual é a sua opinião sobre ela?

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.