O Legado das Águas sediará, entre os dias 26 e 28 de julho, o curso “Imersão Biomimética no Legado das Águas (Mata Atlântica)”. O conteúdo ensinará como a biomimética pode ser aplicada em projetos de pesquisas e inovação em desenvolvimento de novas tecnologias, processos e de produtos.

A biomimética é o ramo específico da ciência que busca soluções na natureza para projetos inovadores e vem ajudando empresas e profissionais de diferentes segmentos a encontrar inovações e resoluções de problemas desafiadores.

Boa parte dos inventos, dos mais simples aos mais complexos, que beneficiam o nosso cotidiano tiveram inspiração na natureza. Curativos adesivos que não doem quando retirados foram inspirados nas teias de aranhas; o velcro copia a estrutura dos carrapichos; e até os trens-bala, que passaram a viajar mais rápido e com menos barulho graças ao desenho do bico do martim-pescador, uma pequena ave que inspirou na melhoria de um dos mais utilizados meios de transporte do mundo.

Destinado a profissionais das áreas de estratégia, comunicação, administração, biologia, design, arquitetura e inovação o conteúdo busca ensinar o público como os padrões e processos da natureza podem servir de inspiração para a criação de soluções inovadoras. O curso será ministrado por Alessandra Araujo, designer de inovação, consultoria em biomimética, e Carol Freitas, designer multidisciplinar, consultora de inovação e biomimeticista.

Visando proporcionar um contato direto, imersivo e até mesmo sensorial, a programação será na maior reserva privada de Mata Atlântica do país. A programação, dividida em etapas, possibilitará a imersão em meio à floresta com alto grau de conservação, para inspiração por meio de atividades práticas sensoriais e de observação da natureza e suas soluções ao longo de diferentes trilhas na Reserva.

Fotos: Luciano Candisani | Legado das Águas

“Por meio de mecanismos e de estratégias desenvolvidas ao longo de bilhões de anos de evolução, a natureza resolve muitos dos problemas vivenciados diariamente pela população humana. Não é mágica ou misticismo, é ciência. A biomimética nos ensina como a natureza encontra essas soluções”, explica a bióloga Alessandra Araujo.

De acordo com a bióloga boa parte do que buscamos como resposta atualmente, de certa forma, está ligada ao meio em que vivemos, de condições climáticas a um processo de comunicação mais assertivo; situações que na natureza já aperfeiçoou. “Com o curso propomos uma mudança de pensamento, uma nova lente que pode transformar e inovar as técnicas de produção e toda a lógica dos negócios. O curso sugere um novo pensamento sobre a questão de problema-solução, trazendo a possibilidade de entender com mais profundidade os desafios, questionar para natureza e trazer soluções disruptivas. Uma oportunidade para a vida pessoal e profissional”, diz.

Um case de aplicação da biomimética nos negócios, é do Votu Hotel, na Bahia. Eles utilizaram na concepção dos bangalôs o Princípio de Bernolli para ventilação natural e constante, garantindo conforto térmico mesmo quando o espaço esteja fechado. A solução foi inspirada no cão de pradaria que faz suas tocas enterradas no solo com entradas e saídas de ar, e com altura e diâmetro distintos permitindo que o vento/brisa sempre possa entrar em sua toca.

A estratégia foi aplicada na estrutura de concreto que inicia como base, cresce como paredes da área interna e se desenvolve como cobertura. Foi projetada também uma laje jardim para dar maior massa e com isso conforto térmico, além de proporcionar que o verde possa ocupar a sobreposição da área da suíte. O fechamento das construções foi inspirado na capacidade de auto-sombreamento de alguns cactos. No prédio principal a cobertura da cozinha também é uma laje jardim, porém atua como um grande trocador de calor inspirado nos bicos dos tucanos.

“Estas estratégias permitem que os espaços sejam mais saudáveis e agradáveis evitando o uso excessivo de energia com climatizadores, além de dar ao projeto um partido arquitetônico criativo que não necessariamente remete a uma forma natural, mas sim um mecanismo natural”, explica Alessandra.

Serviço

“Imersão Biomimética no Legado das Águas (Mata Atlântica)”.

Data: 26 a 27 de julho

Local: Reserva Legado das Águas – Miracatu/SP (80 km de São Paulo)

Público: Profissionais das áreas de estratégia, comunicação, administração, biologia, design, arquitetura e inovação

Inscrições e Informações: https://www.sympla.com.br/imersao-biomimetica-no-legado-das-aguas–mata-atlantica__549740

OBS: Valor inclui transporte saindo de São Paulo, hospedagem e alimentação

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.