Espetinho, calabresa acebolada, pizza de pepperoni, coxinha, esfirra e hambúrguer de linguiça, pururuca e até choripan –  famoso lanche argentino – são alguns exemplos da gastronomia neste festival inédito na cidade de São Paulo, que acontece no próximo domingo (29).

Todos os produtos apresentados pelos expositores serão veganos, ou seja, isentos de exploração animal: ingredientes de origem vegetal e livres de crueldade, pois também não efetuaram testes em bichos.

Realizado pela JMA J’adore mes amis, o Festival da Linguiça Vegana tem entrada gratuita e também contará com expositores veganos de outros setores como cosmético, higiene, artesanato, decoração e vestuário – além dos diversos alimentos veganos servidos na hora ou para viagem, como leites, manteigas e queijos vegetais.

Linguiça com Couve - Casa da Coxinha Vegana

Com grade de atividades gratuitas para toda a família, haverá terapias corporais, yoga, palestras, oficinas, área infantil, participação de ONGs e protetores independentes, e adoção responsável de cães e gatos –  também receberão doações de ração, medicamentos, fraldas, tapetes higiênicos, cobertores e outros itens para ajudá-los no resgate destes animais.

O Festival da Linguiça Vegana acontece na Rua Joaquim Távora, 605, Vila Mariana (próximo ao metrô Ana Rosa). No dia 29 de outubro (domingo) das 12h às 20h.

 

????????????????????????????????????

Programação das atividades:

10h às 12h – Prática de Hatha Yoga e Meditação com Cláudio Duarte

Vegano, ministra cursos para formação de professores de Yoga e aulas em diversos locais na capital e demais estados brasileiros; desenvolve projetos educacionais e sociais para crianças, adolescentes e mulheres através de ONGs na Índia e no Brasil.

13h  às 14h30 – Mitos e Verdades sobre a Alimentação Vegetariana Estrita com Carolina Oliboni

Nutricionista e Mestre em Ciências pela USP, possui aprimoramento em nutrição nos transtornos alimentares pelo AMBULIM – Hospital das Clínicas – USP e especialização em nutrição nas doenças crônicas não transmissíveis pelo Hospital Albert Einstein; realiza atendimentos clínicos em consultório desde 2007.

Hambúrguer pão preto - Mun Artesanal

15h às 16h30 – Ativismo Pelos Direitos Animais: Cenário Nacional e Internacional com Silvana Andrade

Jornalista, vegana e palestrante sobre Comunicação e Direitos Animais, ativista com carreira de 29 anos desenvolvida na imprensa brasileira, trabalhou como repórter, coordenadora de produção, editora e editora-chefe em redes de TV (Cultura, Record, Manchete, Globo News) e produtoras de vídeo. Atuou também como jornalista em empresas privadas e em órgãos governamentais; faz planejamento de estratégias de comunicação interna e externa e cria projetos editoriais para todas as mídias. É a idealizadora e presidente da ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais), a primeira agência jornalística do gênero no mundo. É responsável por propor a ideia do Projeto de Lei 337/2006 que autoriza o Poder Executivo a criar hospitais veterinários públicos no Estado de São Paulo e é membro fundadora da Sociedade Vegana no Brasil.

17h às 18h – Demonstração culinária: Versatilidade do Tempê

Com o Tempê pode-se fazer muitos alimentos, inclusive linguiça vegana. Com Thomas Hendee, que falará sobre a origem, história, benefícios nutricionais e maneiras de preparar o Tempê e como é feito o Tempêroni, o pepperoni vegano produzido com Tempê de feijão. Formado em Biologia Humana pela Stanford University na Califórnia, atualmente vive em São Paulo e é um dos sócios da empresa vegana Mun Artesanal.

Enroladinho folhado – banco imagem

Confirme sua presença no evento no Facebook.