A avaliação de impactos ambientais é uma das ferramentas mais estratégicas para o desenvolvimento, a mensuração e análise dos possíveis desequilíbrios socioambientais que um empreendimento possa causar. Por isso, o Senac EAD lança a pós- graduação em “Avaliação de Impactos Ambientais e Processos de Licenciamento Ambiental” para o primeiro semestre de 2018.

Com duração de 18 meses, o curso é baseado em estudos de caso, sobretudo de processos de licenciamento ambiental no Brasil. Eles são abordados a partir de referenciais teóricos e análises críticas. Tem como foco as principais etapas de um processo de licenciamento e seus respectivos documentos.

Os textos são especificamente preparados para as disciplinas, assim como aulas narradas e vídeos. Além disso, a pós-graduação conta com a participação de professores que atuam na área, promovendo discussões em fóruns e web conferências.

Sobre a área

“Identificamos uma oportunidade de atuação, visto que o corpo técnico preparado para desenvolver e analisar estudos de impactos é ainda relativamente pequeno”, explica Mônica Medina, coordenadora da área de meio ambiente. Ela leva em consideração às dimensões do país e à diversidade das obras. 

A especialização, complementa Mônica, vem ao encontro do momento vivido no Brasil. Hoje as preocupações ambientais têm se intensificado e as legislações têm se tornado mais restritivas. “Observa-se um público amplo para o curso, representado por pessoas ligadas tanto ao setor privado, quanto ao setor público e organizações não governamentais”, aponta.

O curso é totalmente a distância, mas é preciso realizar uma avaliação presencial por semestre. Após a especialização, o aluno poderá atuar em agências governamentais, empresas e organizações da sociedade civil. Pode participar de equipes multidisciplinares que desenvolvem e analisam estudos de impactos ambientais. Tudo isso visando o licenciamento ambiental e o ordenamento sustentável do uso e ocupação do meio.

Flexibilidade

O formato a distância oferece flexibilidade nos horários de estudo. Além de respeitar o ritmo de aprendizagem e desenvolver competências como organização, proatividade e responsabilidade. Mais informações podem ser encontradas aqui.