O plantio compensatório de 429 mudas de árvores na Zona Sul de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, foi concluído na última sexta-feira (25). A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) foi a responsável pelo acompanhamento técnico e pela indicação do local e das espécies a serem plantadas, visando a recuperação de uma área degradada e a restauração florestal junto ao Arroio do Salso, em Área de Preservação Permanente (APP).

A equipe técnica da Smams explicou que a ideia era valorizar as espécies frutíferas nativas, úteis à alimentação da fauna, e formar um “corredor” ecológico entre os morros e áreas úmidas daquela região próxima ao arroio.

O plantio foi realizado devido ao termo de ajustamento determinando pelo Ministério Público. Todas as espécies plantadas são da flora autóctone de Porto Alegre (nativas), como Figueiras, Cerejeiras, Jaboticabeira, Butiazeiro, entre outras.