A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, foi presenteada com o “Troféu Cara de Pau” nesta semana. A ação foi idealizada pelo movimento Engajamundo, como forma de protesto pela falta de comprometimento do governo brasileiro em acabar com o desmatamento ilegal.

A entrega foi feita em Paris, durante um evento na embaixada do Brasil na França, para a assinatura do “Compromisso Ilegal Zero”. Autoridades de todo o mundo estão reunidas na capital francesa para a 21ª Conferência das Partes. O evento, promovido pela ONU, tem como intuito traçar metas globais para combater as mudanças climáticas. No entanto, o que os ativistas alegam é que, teoricamente, este compromisso já havia sido assumido pelo Brasil anteriormente e não foi cumprido, por isso a entrega de um troféu “Cara de Pau”.

Foto: André D'Elia
Foto: André D’Elia

O protesto foi uma das formas encontradas para cobrar mais empenho e fiscalização para que as florestas sejam realmente protegidas. Segundo as metas estabelecidas anteriormente pelo Brasil, dentro dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, o desmatamento ilegal deveria acabar até 2020. O prazo e a meta são possíveis e um artigo publicado pelo pesquisador Beto Veríssimo, do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, explica como isso é possível e quais são os caminhos para que a meta seja alcançada.

Segundo a equipe do Engajamundo que fez a entrega pessoalmente à Izabella Teixeira, a ministra foi humilde e reafirmou o seu compromisso, dizendo que, se depender dela, não tem mais desmatamento.

Redação CicloVivo