As autoridades indianas anunciaram nesta terça-feira (10), que o vazamento de óleo causado pela colisão entre dois navios cargueiros está finalmente contido. O acidente aconteceu no último sábado (7), nas proximidades do porto da Mumbai, principal cidade da Índia, e resultou em 500 toneladas de óleo derramadas no Mar da Arábia.

Uma das embarcações carregava milhares de toneladas de pesticidas e produtos derivados de petróleo. Esse era um dos fatores que mais preocupavam a guarda costeira, que usou helicópteros e embarcações para impedir que a mancha chegasse à costa da cidade.

Mesmo com o vazamento controlado desde o fim da segunda-feira, o porto Jawahar Lal Nehru permanecerá fechado, por mais dois dias. A interdição aconteceu porque 300 contêineres de carga caíram de um dos navios e se tornaram ameaças à navegação.

Com informações da Folha

+ Mancha de óleo contamina praias do Rio de Janeiro

+ Ranking dos 10 piores lugares para extrair petróleo inclui pré-sal brasileiro

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.