Com a queda da temperatura, a tendência natural é que aumente a procura por equipamentos, como aquecedores e chuveiros elétricos, que garantem mais conforto durante o inverno. No entanto, é preciso ficar de olho no consumo de energia e consequente aumento no valor da conta de luz.

Por terem potência alta, os equipamentos mais usados nas baixas temperaturas podem representar mais de um terço do consumo de energia. A AES Eletropaulo dá algumas dicas de economia de energia.

Chuveiros Elétricos: a recomendação é ficar o mínimo possível no banho. Os aparelhos mais comuns têm potência de, aproximadamente, 5.500W. Desta forma, o banho de 15 minutos por dia, por pessoa, para uma família de quatro pessoas, equivale ao consumo de energia de mais de 400 lâmpadas LED de 13W ligadas por 1 hora, o que corresponde a cerca de R$ 100 na conta. Se utilizarmos o chuveiro elétrico na posição morno ou verão, haverá uma economia de cerca de 30%, ou seja, R$ 30;

Aquecedores: podem chegar a corresponder a 1/3 do gasto doméstico com eletricidade no inverno. Evite deixar o aquecedor ligado por longos períodos e utilize-o apenas quando estiver no ambiente;

Iluminação: aproveite a luz natural e abra janelas e cortinas durante o dia. Para paredes e tetos, dê preferência às cores claras, que refletem melhor a luminosidade. Troque lâmpadas incandescentes por fluorescentes ou LED, que consomem de 60% a 80% menos energia;

TVs e Computadores: não deixe a TV ligada sem que haja alguém assistindo. Programe o timer (desligamento automático). No caso do computador, desligue o aparelho sempre que ficar mais de 2 horas sem utilização; e o monitor, a partir de 15 minutos;

Stand-by: desligue ou tire da tomada quando não estiver usando um eletrodoméstico. Não deixe os aparelhos em stand-by;

Máquinas de lavar e secar: utilize a capacidade máxima das máquinas de lavar e secar. Nas máquinas de lavar, fique alerta à quantidade de sabão, evitando repetir a operação de enxágue. Para as máquinas que têm a função de água aquecida, a empresa recomenda não usar esse recurso. Quanto às secadoras, utilize-as apenas quando realmente necessário;

Geladeiras: não abra a porta desnecessariamente. Verifique se a borracha de vedação da porta está cumprindo sua função e nunca utilize a parte traseira do equipamento para secar roupas ou sapatos;

Atenção ao comprar: escolha eletrodomésticos de baixo consumo de energia. Procure por aparelhos com selo do Procel (no caso de nacionais), preferencialmente com alta eficiência energética, ou Energy Star (no caso de importados).