O presidente da França, Emmanuel Macron, tem planos de acabar com todas as usinas de carvão. Conhecido por “afrontar” Donald Trump e ser um dos mais fortes líderes em defesa das questões climáticas, Macron quer o país livre de carvão até 2021. Este será o último ano de Macron no poder e ele quer fechar sua gestão em grande estilo.

Não é novidade que Macron quer se tornar referência no quesito ambiental. Em sua mais recente fala, no Fórum Econômico Mundial em Davos, ele disse com todas as letras: “Nós decidimos tornar a França um modelo na luta contra as mudanças climáticas”.

Realizado na Suíça, durante o fórum ele ainda “aproveitou” para alfinetar os líderes céticos, especialmente Trump. “Certamente em Davos, chegando neste prédio, pode ser difícil acreditar em aquecimento global. Obviamente e felizmente, você (referindo-se a Klaus Schwab, que é o diretor executivo do fórum) não convidou ninguém cético sobre aquecimento global neste ano”.

A França está implementando diversas medidas para reduzir os impactos ambientais, entre elas vai banir veículos movidos à diesel e petróleo até 2040, está proibindo produtos descartáveis feitos de plástico e já inaugurou sua primeira estrada solar. Neste caminho, o país anda para transitar para um mundo mais limpo.

Redação CicloVivo