Trocar materiais recicláveis por descontos na conta de energia elétrica é a proposta do “Recicle mais, pague menos”. O projeto da AES Eletropaulo foi lançado em um bairro paulistano no ú ltimo mês e deve se estender para mais três regiões até o final do ano.

Nesse período, o objetivo da empresa é coletar 200 toneladas de papel, plástico, metal e vidro. Para isso, espera cadastrar, no mínimo, dez mil famílias. Até 2014, a expectativa é arrecadar 1600 toneladas de resíduos com dez pontos de coleta e 40 mil clientes cadastrados.

Os interessados devem se cadastrar no posto de coleta com uma conta de luz recente. No local, eles receberão um cartão personalizado e já podem levar os resíduos separados. O montante será pesado e ganhará um pre& ccedil;o, calculado de acordo com a tabela praticada pelo mercado de reciclagem.

O valor é registrado no cartão e enviado para a distribuidora de energia. Os participantes recebem na hora um comprovante com a quantia que será descontada na próxima conta. Se o desconto ultrapassar o valor da conta, ficará como crédito para o mês seguinte, ou seja, a quantidade de resíduos que podem ser levados é ilimitada.

A empresa Multilixo, especializada em reciclagem, será a responsável pelo processo de recebimento, armazenamento e destinação do material coletado.

Para informações sobre os postos de coleta visite o site da AES. Veja no infográfico abaixo como o sistema funciona:


Redação CicloVivo

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.