Inicio Cidadania Voluntários revitalizam praça abandonada em São Paulo

Cidadania

Voluntários revitalizam praça abandonada em São Paulo

No último final de semana a Praça Éder Sader, no bairro da Vila Madalena, em SP, passou por uma transformação.

15 de abril de 2014 • Atualizado às 14 : 41
Voluntários revitalizam praça abandonada em São Paulo

12.88K
0

No último final de semana a Praça Éder Sader, no bairro da Vila Madalena, em SP, passou por uma transformação. Através de trabalhos voluntários e parcerias empresariais, a área passou por uma revitalização, com o intuito de deixar o espaço mais agradável e atrativo para a comunidade local.

A iniciativa é fruto do Jogo Oasis, uma ferramenta internacional que trabalha a mobilização cidadã para sonhos coletivos. Nas ocasiões em que essa metodologia é aplicada, existe sempre a necessidade de colocar realmente a “mão na massa” para melhorar algum local importante para a comunidade em seu entorno.

Os projetos variam de acordo com a necessidade local, mas sempre têm a participação de voluntários e dos próprios beneficiados, que interagem em todas as etapas do processo. No caso da Praça Éder Sader, a revitalização se tornou necessária porque a área é considerada abandonada e alvo constante de vandalismo.


Foto: Marcos Honma/Divulgação


Foto: Marcos Honma/Divulgação

A mediação da ação foi realizada pelo Instituto Elos, referência em mobilização de comunidades no país com uma metodologia focada em encontrar recursos onde aparentemente existe escassez.  A organização também contou com o apoio e patrocínio da GVT, empresa da área de telecomunicação.

Participaram artistas, profissionais liberais, jornalistas, síndicos, comerciantes, empresários, funcionários da GVT e moradores em geral como voluntários dividindo um projeto em comum. “Com a instalação do escritório aqui, passamos a fazer parte desta comunidade e estamos muito felizes em dar este primeiro passo para ter no bairro um lugar de convivência acolhedor e bem aproveitado pelos moradores”, afirma o voluntário da GVT, Ed Clay de Paiva Gomes. A Diretora de Sustentabilidade da empresa de telecomunicações, Heloísa Genish, ainda explicou que a proposta é levar trabalhos semelhantes para outros bairros da capital paulista, de acordo com a necessidade e local em que a companhia inserir novos escritórios.


Foto: Marcos Honma/Divulgação

“Essa praça era o terror de qualquer paulistano: suja, perigosa, cheia de drogados. Para compensar, a praça é linda, cheia de árvores frutíferas, com bastante gente bacana morando em volta e todos se reuniram para poder transformar essa praça”, declara a moradora Gabriela Paina. O local, antes abandonado, ganhou novas estruturas, cores e muito mais vida.


Foto: Marcos Honma/Divulgação


Foto: Marcos Honma/Divulgação


Foto: Daniel Beato


Foto: Ricardo Grau Pujol


Fotos: Daniel Beato


Foto: Basurama Brasil


Fotos: Mayra Rosa/CicloVivo


Foto: Joana Lira


Fotos: Joana Lira


Fotos: Plinio Calil

Redação CicloVivo

(12882)

logo
Fechar
Abrir
logo