Inicio Mobilidade Triciclo com placas solares é solução sustentável para transporte nas cidades

Mobilidade

Triciclo com placas solares é solução sustentável para transporte nas cidades

A empresa garante que o triciclo é capaz de rodar até 25 km por dia apenas com a energia do sol.

19 de janeiro de 2016 • Atualizado às 10 : 49

O veículo é totalmente fechado, o que garante mais segurança no trânsito e ainda protege totalmente os passageiros das condições do clima. | Foto: Divulgação

Triciclo com placas solares é solução sustentável para transporte nas cidades
2.04K
0

Um triciclo pode ser uma alternativa muito eficiente para o transporte em grandes cidades. A opção criada pela startup espanhola Evovelo  oferece conforto, praticidade e muita eficiência. O modelo, apelidado de “mö”, é equipado com motor elétrico e banco para duas pessoas.

O veículo é totalmente fechado, o que garante mais segurança no trânsito e ainda protege totalmente os passageiros das condições do clima. O mö parece um pequeno carro, mas seu diferencial é a possibilidade de locomoção através do motor ou pelas próprias pedaladas dos passageiros.

mo2

Foto: Divulgação

Coberto com placas fotovoltaicas, a empresa garante que o triciclo é capaz de rodar até 25 km por dia apenas com a energia do sol e reaproveitando a energia desperdiçada na frenagem. Mas, para quem pretende ter um uso mais intenso do veículo, é possível também recarregar a bateria em uma tomada. Através da força humana, a autonomia vai até onde o condutor e passageiros aguentarem.

Para facilitar as pedaladas e reduzir a quantidade de energia gasta nos deslocamentos, o mö possui câmbio com sete marchas. Além disso, ele possui lanternas, buzina e espelhos, para aumentar a segurança dos usuários durante todo o percurso.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação (via www.flickr.com)

O peso total do triciclo, com a carroceria inclusa é de 85 kg. Ele tem 1,4 metro de largura, dois metros de comprimento e 1,3 metro de altura. De acordo com a Evovelo, as medidas permitem que eles caibam em uma ciclovia e também que ocupem menos do que uma faixa automotiva nas ruas.

Apesar de ainda não estar em fase de comercialização, os fabricantes já estimam que o mö deverá custar, em media, 4.500 euros.

Redação CicloVivo

(2044)

logo
Fechar
Abrir
logo