Inicio Vida Sustentável São Paulo ganha parque sustentável que vai gerar energia solar

Vida Sustentável

São Paulo ganha parque sustentável que vai gerar energia solar

Parque Candido Portinari foi inaugurado na última quinta (26), e servirá como espaço anexo ao Parque Villa Lobos.

27 de dezembro de 2013 • Atualizado às 12 : 46

São Paulo ganha parque sustentável que vai gerar energia solar
8.47K
0

Foi inaugurado em São Paulo, na última quinta-feira (26), o Parque Candido Portinari, localizado ao lado do Parque Villa Lobos, zona oeste da cidade. Com uma área de cerca de 121 mil metros quadrados, o parque foi construído baseado em vários conceitos de sustentabilidade, como, por exemplo, o total aproveitamento das instalações e a reciclagem dos resíduos das obras. Além disso, uma usina de energia solar deverá ser inaugurada no espaço do parque.

Entre as estratégias de sustentabilidade, o Candido Portinari terá um sistema de captação de águas pluviais para irrigação das áreas verdes do novo parque, que também atenderá o Villa Lobos durante os períodos de estiagem. A iluminação é feita com lâmpadas de LED e o espaço possui 60 bancos de madeira plástica reciclável e 30 quiosques com coberturas de telhas ecológicas.

Na inauguração do parque, também foram apresentados os planos de instalação de uma usina solar entre o Villa Lobos e o Candido Portinari. A unidade de geração deverá ocupar uma área de 10 mil metros quadrados, com 2.500 painéis fotovoltaicos. Administrada pela Secretaria do Meio Ambiente (SMA), pela Secretaria de Energia (SE) e pela Companhia Energética de São Paulo (CESP), o parque solar custará 13,3 milhões e vai testar o potencial fotovoltaico da capital paulista.

Na lista de alternativas de mobilidade, os frequentadores do novo parque contarão com uma ciclovia de 1.300 metros, integrada à via exclusiva para bicicletas do Villa Lobos. Há também uma pista de caminhada e um espaço para as pessoas andarem de skate, com 1.600 metros quadrados. O Candido Portinari fica localizado próximo à estação de trem Villa Lobos – Jaguaré da Linha 9 – Esmeralda da CPTM, e possui estacionamento com 640 vagas.

Já em sua infraestrutura de lazer, o parque conta com quatro quadras poliesportivas, duas quadras de vôlei de areia, um minicampo de futebol de areia, espaço de convivência para cães e duas áreas para prática de ginástica ao ar livre, além de zonas para piquenique. Também há um playground educativo voltado às crianças.

O parque Candido Portinari demandou um investimento total de R$ 12,5 milhões, bancado pelo Governo do Estado e pela Comgás. A área ocupada pelo parque foi recuperada com a implantação de canteiros, gramados e bosques. São 1.720 árvores, sendo algumas espécies nativas da Mata Atlântica.

Em seu discurso de inauguração, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse que a população de São Paulo “pode se orgulhar” pela concentração da Mata Atlântica no Estado. "Nós, brasileiros de São Paulo, podemos nos orgulhar porque metade do que sobrou de Mata Atlântica no Brasil está em São Paulo. E estamos trabalhando para aumentar essa marca", declarou Alckmin.

Por Gabriel Felix – Redação CicloVivo

(8470)

logo
Fechar
Abrir
logo