Prédio sustentável com fachada verde se destaca em bairro paulistano
22 de Novembro de 2010 • Atualizado às 13h29

O bairro paulistano da Vila Madalena, tradicionalmente conhecido por seus bares e atividades culturais, tem mais um atrativo: o edifício sustentável Harmonia 57. O projeto não á somente uma construção, mas é também um organismo vivo, em meio à paisagem paulistana.

O escritório de arquitetura Triptyque, formado por uma arquiteta brasileira e três franceses, é o responsável pelo projeto. Toda a estrutura do edifício foi pensada e construída dentro dos padrões de sustentabilidade, além disso, a paredes, cinzas de concreto, são revestidas com plantas, que alteram a fachada do prédio de acordo com a época do ano.

O deck da construção é feito com uma estrutura metálica e madeira. Além disso, os corrimões metálicos também podem servir de encanamento. As janelas são feitas de vidro, protegidas por madeira na forma pura. A proteção pode ficar fechada ou permanecer aberta, possibilitando a entrada da luz e deixando à mostra a vista da cidade.

A estrutura é considerada um ser vivo devido à vivacidade de sua fachada, que só foi possível graças ao sistema de captação da água da chuva. Além disso, o concreto usado nas paredes é orgânico, com poros preparados para receber a vegetação que é irrigada com a água proveniente das chuvas, que após filtrada permanece guardada em um reservatório.

A vegetação que cobre a parede dupla garante o conforto térmico e acústico do edifício. A captação da água da chuva possibilita redução de até 90% nos gastos com água. Outro ponto considerado pelos arquitetos é a abertura das janelas, que foram especialmente planejadas para permitir maior aproveitamento da luminosidade natural, permitindo a economia de energia elétrica.

A preocupação com a preservação da paisagem local foi uma das coisas que norteou a ação dos arquitetos, que conseguiram impactar a região, sem deixar de ser elegante e estar de acordo com o padrão estético do bairro.

O projeto conseguiu alcançar o ideal de arquitetura sustentável e ainda provar que as construções sustentáveis não precisam custar valores absurdos e não estão fora da realidade. O Harmonia 57 foi construído na capital paulista em 2008 e em 2010 recebeu uma premiação européia.

Com informações do IBDA

Acompanhe o CicloVivo no Facebook



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2014.