Inicio Cidadania Hortas Sociais de Fortaleza devem produzir 21 ton de alimentos orgânicos

Cidadania

Hortas Sociais de Fortaleza devem produzir 21 ton de alimentos orgânicos

Os alimentos são produzidos sem agrotóxicos e beneficiarão famílias carentes.

2 de junho de 2016 • Atualizado às 15 : 18

As hortas têm como público-alvo idosos em situação de vulnerabilidade. | Foto: Prefeitura de Fortaleza

Hortas Sociais de Fortaleza devem produzir 21 ton de alimentos orgânicos
3.78K
0

As hortas sociais da cidade de Fortaleza, CE, já têm dado resultados. Nesta semana aconteceu a primeira colheita na Horta Social da Granja Portugal, com idosos participantes do projeto coletando 600 pés de couve. Os alimentos foram produzidos de forma totalmente orgânica e beneficiarão famílias carentes.

As hortas têm como público-alvo idosos em situação de vulnerabilidade. Através da iniciativa eles podem desenvolver diversas capacidades, produzir parte de seus próprios alimentos. O projeto já conta com duas estufas, além da horta da Granja Portugal, a outra área de plantio foi instalada no Conjunto Ceará, que teve sua primeira colheita na última semana.

Através das hortas sociais, os idosos aprendem a plantar: tomate cereja, couve manteiga, quiabo, pimenta de cheiro, pimentão e cheiro verde.

“Tudo o que for produzido aqui vai para um equipamento chamado Bodega Solidária. Esses produtos vêm, entram na Bodega e são doados a famílias de idosos em situação de vulnerabilidade social. Serão duas estufas no Conjunto Cear[a e uma na Granja Portugal. O que for produzido nesses locais será distribuído de forma gratuita”, esclarece Sérgio Gomes, titulas da Coordenadoria do Idoso da Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos, em declaração oficial.

De acordo com o planejamento municipal, a expectativa é de que o projeto produza sete toneladas de tomate cereja e sete toneladas de folhagens no Conjunto Ceará. Na unidade da Granja Portugal espera-se ter mais 3,5 toneladas de cada vegetal.

Redação CicloVivo

(3782)

logo
Fechar
Abrir
logo