Inicio Meio Ambiente Haddad anuncia projeto que calcula a quantidade de árvores em São Paulo

Meio Ambiente

Haddad anuncia projeto que calcula a quantidade de árvores em São Paulo

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) anunciou na última semana a retomada do Censo Verde, medida que deverá mensurar a quantidade de árvores plantadas na capital paulista. A promessa também foi feita em 2010, pelo prefeito Gilberto Kassab, m

15 de abril de 2013 • Atualizado às 10 : 06

<p> A estimativa &eacute; de que existam dois milh&otilde;es de &aacute;rvores espalhados pela cidade de S&atilde;o Paulo. | Foto:<a href="http://www.flickr.com/photos/mcdemoura/5840728434/sizes/m/in/photostream/" target="_blank"> Marcio Cabral de Moura/Flickr</a></p> |

Haddad anuncia projeto que calcula a quantidade de árvores em São Paulo
2.83K
0

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) anunciou na última semana a retomada do Censo Verde, medida que deverá mensurar a quantidade de árvores plantadas na capital paulista. A promessa também foi feita em 2010, pelo prefeito Gilberto Kassab, mas não fora concluída.

Conforme informado pelo jornal Folha de S. Paulo, Haddad prometeu finalizar os cálculos em dois anos. Para isso, o governante paulistano deverá contar com a ajuda da Embrapa e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) através de parcerias feitas com a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras.

A estimativa é de que existam dois milhões de árvores espalhados pela cidade de São Paulo. No entanto, durante três anos, a gestão Kassab alcançou apenas 17% da meta para o mapeamento. Para superar este histórico, Haddad deve apelar para o uso de imagens de satélite e também vistorias presenciais, que analisarão as condições das árvores.

Este trabalho é essencial, não apenas para mensurar o tamanho da área verde espalhada pela capital paulista, mas também para que seja possível controlar a qualidade das árvores. Assim, é possível cuidar e evitar as constantes quedas de árvores registradas em São Paulo.

De acordo com a equipe de reportagem da Folha, o bairro dos Jardins, no centro da cidade, já possui um mapeamento próprio que inclui 2.200 árvores e suas condições. Segundo Julio Serson, presidente da associação AME Jardins, o documento foi entregue a prefeitura em novembro passado, mas nada foi feito com o material. Com informações da Folha.

Redação CicloVivo

(2832)

logo
Fechar
Abrir
logo