Inicio Meio Ambiente Flores têm perdido perfume por causa das mudanças climáticas

Meio Ambiente

Flores têm perdido perfume por causa das mudanças climáticas

As consequências desta modificação não estão ligadas simplesmente ao cheiro, mas afetam diretamente os polinizadores.

3 de novembro de 2016 • Atualizado às 16 : 28

As experiências mostraram que, quanto maior o nível de ozônio no solo, mais rápido a fragrância se perde. | Foto: iStock by Getty Images

Flores têm perdido perfume por causa das mudanças climáticas
1.37K
0

O delicioso cheiro das flores é uma das grandes maravilhas da natureza. No entanto, em consequência das mudanças no clima, este aroma está se tornando cada vez mais fraco. Esta foi uma das descobertas de um estudo produzido por pesquisadores do Centro de Pesquisa em Ecologia e Silvicultura de Barcelona, na Espanha.

Segundo os cientistas, o aumento dos níveis de ozônio no solo tem modificado o perfume das flores e o cheiro de outras plantas, por quebrar as moléculas microscópicas de aroma que são responsáveis pelo perfume natural. As experiências mostraram que, quanto maior o nível de ozônio no solo, mais rápido a fragrância se perde.

As consequências desta modificação não estão atreladas simplesmente ao cheiro, mas afetam diretamente os polinizadores. No estudo, os cientistas fizeram testes com abelhas, que tiveram dificuldades em encontrar as flores, já que elas são atraídas pelo aroma e, estando fraco, elas não conseguem se guiar.

Para os seres humanos as informações do estudo também são extremamente preocupantes, já que os polinizadores são responsáveis por fornecerem serviços agrícolas essenciais. Além de correrem riscos de extinção, os exemplares que restam esbarram em mais esta dificuldade na hora da polinização.

Outro fato levantado pelos pesquisadores é o efeito que o ozônio do solo pode causar na atmosfera, colaborando para o aumento da poluição e ocasionando diversas doenças.

Clique aqui para acessar o estudo.

Redação CicloVivo

 

(1366)

logo
Fechar
Abrir
logo