Inicio Cidadania Evento mostra histórias de pessoas que estão mudando o mundo

Cidadania

Evento mostra histórias de pessoas que estão mudando o mundo

Muitas pessoas sonham com um mundo melhor e mais justo e já tem muita gente fazendo isso ser uma realidade.

26 de setembro de 2016 • Atualizado às 08 : 37

A terapeuta Adriana Perazzelli, inspirada no trabalho do médico norte-americano Patch Adams, descobriu uma de suas vocações: levar alegria a crianças hospitalizadas. |

Evento mostra histórias de pessoas que estão mudando o mundo
2.04K
0

Muitas pessoas sonham com um mundo melhor e mais justo. Mas, além de sonhar, também tem muita gente fazendo isso ser uma realidade. A segunda edição de “O Poder da Colaboração”, que aconteceu na última quarta-feira (21) em São Paulo, é prova disso.

O evento contou com a participação de oito pessoas comuns, mas com feitos extraordinários. Histórias simples, como a da terapeuta Adriana Perazzelli, que inspirada no trabalho do médico norte-americano Patch Adams, descobriu uma de suas vocações: levar alegria a crianças hospitalizadas, mostram que pequenas ações também podem ter grandes feitos.

A ideia por trás deste evento é inspirar as pessoas a colocarem a mão na massa, mostrar que, através da colaboração, é possível fazer a diferença com os mais diversos tipos de iniciativas.

Nos negócios

Ricardo Mastroti, por exemplo, mostrou que o mundo dos negócios não precisa estar ligado exclusivamente ao pensamento tradicional capitalista. Após anos atuando no mercado corporativo e em pesquisa, ele resolveu criar a Bemtevi, uma empresa social, que investe em negócios sociais. Ela é uma espécie de aceleradora, que ajuda a tirar do papel empresas que podem causar impacto social positivo.

Assim como Ricardo, existem empresários que não se contentam apenas em lucrar com seus negócios, eles querem ir além. Diego Gonzales, é uma dessas pessoas. Dono do Sofá Café, ele um dia decidiu que precisava deixar um legado. A solução para isso foi criar um programa que profissionaliza jovens em situação de risco para serem baristas e especialistas em café. Através de um curso profissionalizante, oferecido gratuitamente, esses jovens ganham a oportunidade de aprender e ainda entrar no mercado de trabalho.

Foto: Projeto Fazedores de Café

Foto: Projeto Fazedores de Café

Na cidade

Um outro jeito de tornar o mundo um lugar melhor é ajudando a modificar a realidade local. Esta é a proposta de dois outros projetos apresentados no evento. O Hey Sampa, criado pela paulistana Paula Dias, ajuda a mudar a relação das pessoas com a cidade, resgatando a noção de pertencimento e promovendo uma maior aproximação entre a população e o poder público. Já o Acupuntura Urbana, da Renata Minerbo, leva a própria comunidade a colocar a mão-na-massa para melhorar as condições de praças e áreas de lazer em seus bairros. As pessoas são convidadas a planejarem e realizarem tudo aquilo que sonham para o lugar onde moram.

Foto: Acupuntura Urbana

Foto: Acupuntura Urbana

No meio ambiente

Muitos negócios têm impacto direto no meio ambiente. A fabricação de pneus, por exemplo, não fica apenas nos impactos gerados durante a fabricação, mas tem uma problemática ainda maior que é a gestão dos resíduos pós-uso. Por isso, seguindo legislações nacionais e um modelo internacional de gestão e logística reversa, os fabricantes de pneus se juntaram e criaram a Reciclanip, uma associação que recolhe os pneus inservíveis e dá a eles a destinação adequada, impedindo que eles permaneçam durante centenas de anos causando prejuízos sociais e ambientais.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Nas relações interpessoais

Mediar conflitos é uma tarefa importante para promover a paz. Essa também é a missão da iniciativa Mediação em Ação. A proposta é mediar conflitos antes que eles cheguem à justiça. Ouvir e ajudar as pessoas a chegarem a um acordo é um bom jeito de aliviar o sistema judiciário e evitar que uma série de problemas evoluam e se tornem maiores do que deveriam ser.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

No próprio interior

Antes de mudar o mundo, é preciso mudar a nós mesmos. A ideia de Sandro Bosco, através do Meditação e Yoga, é que pequenas pausas podem fazer toda a diferença na vida de uma pessoa. Com apenas dois minutos, é possível se desligar do mundo e reencontrar o equilíbrio interno, que às vezes fica perdido em meio à agitação do dia-a-dia.

Foto: Sandro Bosco

Foto: Sandro Bosco

O Poder da Colaboração continua

Esses foram os exemplos compartilhados nesta segunda edição do evento. Se você perdeu, ainda é possível assistir a todas essas histórias através do canal O Poder da Colaboração no YouTube (clique aqui).

Mas, como o mundo ainda está cheio de histórias inspiradores e pessoas fazendo a diferença, a terceira edição de O Poder da Colaboração já está marcada e acontecerá em São Paulo no dia 23 de novembro. Clique aqui para ficar por dentro de todas as novidades.   

(2036)

logo
Fechar
Abrir
logo