Inicio Desenvolvimento Entenda a importância e como medir pH da água para produzir orgânicos

Desenvolvimento

Entenda a importância e como medir pH da água para produzir orgânicos

Para que as plantas absorvam os nutrientes, o solo precisa estar com o pH ideal e a água proporciona isso.

10 de novembro de 2016 • Atualizado às 16 : 21
Entenda a importância e como medir pH da água para produzir orgânicos

Para a agricultura orgânica esses processos naturais de controle são uma forma eficiente de oferecer um tratamento de qualidade à plantação. | Foto: iStock by Getty Images

4.15K
0

Na agricultura o pH é um dos fatores mais importantes para o equilíbrio do solo, isso se aplica às práticas convencionais e, mais ainda, aos orgânicos. De acordo com o especialista em Agricultura Orgânica Thiago Tadeu Campos, a planta só irá absorver os nutrientes se o solo estiver em condições propícias para tal, logo, para que todos esses elementos estejam disponíveis de forma abundante, é necessário que os íons de hidrogênio estejam dispostos da maneira exata, ou seja, que o pH esteja adequado.

Muitas vezes o pH do solo está em desacordo com as necessidades das plantas. Neste caso é importante utilizar um terceiro fator para proporcionar o equilíbrio. A água, que já é essencial para o plantio, é a melhor escolha para regular o pH do solo. Mas, mesmo assim, é preciso ter cuidado já que a variação no pH é comum e pode torna-la ácida, neutra ou alcalina.

Quando ácido demais, o pH pode deixar as folhas amareladas e impedem uma absorção saudável de ferro e nitrogênio. Já o pH alcalino faz com que os micronutrientes não fiquem disponíveis para a planta, causando uma maior incidência de doenças.

Embora algumas plantas necessitem de um solo com o pH mais ácido ou básico, a maioria dos cultivos são estabilizados com um pH entre 5,5 e 7, variando do levemente ácido ao neutro. O pH da água é uma forma prática de interferir diretamente no solo, para que ele ofereça uma quantidade maior de nutrientes.

Como alterar o pH do solo?

O processo de alteração do pH do solo pode ser feito através da fertirrigação ou da irrigação. Nestes processos, os compostos são introduzidos na água e em seguida são misturados ao solo de maneira natural, sem a necessidade de produtos químicos. A estratégia é ideal para o sistema de adubação orgânica, pois dispensa o uso de agrotóxicos e outros elementos sintetizados para regularem o pH, utilizando apenas a água como fator modificante.

Para a agricultura orgânica esses processos naturais de controle são uma forma eficiente de oferecer um tratamento de qualidade à plantação. O produtor também pode (e deve) utilizar os adubos orgânicos e a fertirrigação com regulação de pH para mudas e estufas, aproveitando ainda mais os espaços disponíveis e mantendo o cultivo sempre orgânico e livre de produtos químicos prejudiciais à saúde.

Monitorando o pH da água

O tratamento da água consiste na acidificação ou na alcalinização de seus componentes, alterando assim a proporção os íons de hidrogênio. Para ter o controle do pH da água, o agricultor deve utilizar um pHmetro, ou seja, um medidor de pH digital. Esse aparelho pode ser adquirido facilmente e é essencial para o controle da produção orgânica e convencional.

Com os dados em mãos o produtor pode analisar quais são as necessidades do solo e chegar ao número ideal para aquele cultivo em específico. O uso desses aparelhos também é importante para o controle constante, pois com o passar do tempo o pH da água e também do solo podem ser modificados.

Veja no vídeo abaixo como realizar o monitoramento e controle do pH: DESCRICAO_AUTOR_THIAGO_TADEU_CAMPOS

(4151)

logo
Fechar
Abrir
logo