Inicio Desenvolvimento Energia solar fotovoltaica no Brasil cresceu 300% em 2016

Desenvolvimento

Energia solar fotovoltaica no Brasil cresceu 300% em 2016

Segundo a ANEEL, a energia solar deve representar 15% da matriz energética brasileira até 2030.

18 de maio de 2017 • Atualizado às 10 : 44

Até 2024, cerca de 1,2 milhão de geradores de energia solar ou mais deverão ser instalados em casas e empresas em todo o Brasil. | Foto: Pixabay

Energia solar fotovoltaica no Brasil cresceu 300% em 2016
4.30K
0

A energia solar ou fotovoltaica é captada através do sol e é considerada uma energia infinita. O Brasil apresenta um potencial incrível e vem crescendo, extraordinariamente, nos últimos anos. Para se ter uma ideia, com relação à Geração Distribuída (GD), ou seja, a geração de energia pelos próprios consumidores, que inclui todas as fontes de energia renováveis utilizadas no Brasil, entre os meses de julho e setembro de 2015, existiam 1.148 instalações registradas na Associação Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). No mesmo período de 2016 foram registradas 5.040 instalações. Um aumento de aproximadamente 440% em relação ao ano passado. Já o setor de energia fotovoltaica teve aumento de 300%, considerando apenas os dados oficiais da ANEEL, sem contar as instalações não registradas.

Segundo a ANEEL, até 2024, cerca de 1,2 milhão de geradores de energia solar ou mais deverão ser instalados em casas e empresas em todo o Brasil, representando 15% da matriz energética brasileira e até o ano 2030 o mercado de energia fotovoltaica deverá movimentar cerca de R$ 100 bilhões.

De acordo com Denilson Tinim, especialista e vendedor técnico da Fronius, multinacional do setor solar, a empresa tem apresentado excelentes resultados. Entre os meses de 2015 e 2016, a Fronius obteve um crescimento de 160% com a venda de inversores. “Estamos muito felizes com este retorno, pois demostra o quanto o mercado brasileiro tem a crescer e os números mostram a satisfação garantida de nossos clientes com as soluções Fronius para energia fotovoltaica” afirma Denilson.

Conforme Denilson, o sistema fotovoltaico apresenta diversos benefícios e podem se tornar grandes aliados para o empreendimento. Confira abaixo.

Valorização do imóvel – Uma residência, condomínio ou empresa com energia solar –  projeto arquitetônico composto por placas solares – é valorizado por ser sustentável, além da possibilidade de monitorar tudo o que acontece na instalação em uma plataforma online moderna.

Redução de custos – É possível economizar muito com um sistema fotovoltaico, reduzindo sua conta de energia elétrica praticamente a zero.

Sustentabilidade – A energia solar fotovoltaica é uma das fontes de energia mais limpa entre as fontes de energia. Países como Estados Unidos, Alemanha, China, Itália, Japão e Espanha já estão usando o potencial do sol em grande escala. E agora é possível transformar sua residência em um imóvel totalmente sustentável.

“Este sistema tem duração de pelo menos 20 anos. Portanto, é importantíssimo que o consumidor fique atento na hora de escolher os produtos para realizar a instalação. O sistema pode ser instalado – de forma rápida e fácil – em telhados residenciais ou comerciais, próximos ou diretamente no local onde é necessária a energia. Ou seja, este sistema independe daquela energia gerada em grandes instalações centrais – hidrelétrica – ou em grandes parques eólicos”, afirma Denilson.

Para instalar um sistema fotovoltaico em uma residência, o valor do investimento inicial é a partir de R$ 18 mil. Com retorno previsto entre sete ou oito anos.

É um mercado em ascensão que tem dado oportunidades para empreendedores investirem num negócio rentável.

(4299)

logo
Fechar
Abrir
logo