Inicio Negócios Em NY, seguradora paga para clientes que fazem caminhada diariamente

Negócios

Em NY, seguradora paga para clientes que fazem caminhada diariamente

O objetivo é incentivar as pessoas a praticarem uma atividade física, reduzindo a incidência de problemas de saúde.

15 de janeiro de 2015 • Atualizado às 11 : 52

Em NY, seguradora paga para clientes que fazem caminhada diariamente
3.01K
0

A seguradora norte-americana Oscar Insurance desenvolveu uma estratégia eficiente para incentivar seus clientes a praticarem uma atividade física. A companhia transforma o esforço da caminhada em dinheiro.

Sediada em Nova York, EUA, a empresa se baseou em pesquisas que mostram os benefícios da atividade física para a saúde. “Nós ficamos fascinados com a recomendação do departamento norte-americano de cirurgiões gerais de que se você andar em torno de dez mil passos por dia, você vai ter um impacto real sobre quase todas as principais causas de morte nos EUA, como a obesidade, diabetes e pressão alta”, explicou Mario Schlosser, co-fundador da Oscar Insurance, em declaração ao site Fast.Co.

Para participar, os clientes recebem uma pulseira de monitoramento. Depois, basta baixar um aplicativo, fazer o cadastro e, assim, cada um de seus passos será registrado. A cada dia que o objetivo estipulado for alcançado, o usuário recebe um dólar. Ao final do mês, a companhia de seguro envia cartões de presente da Amazon com o respectivo saldo, que pode chegar até US$ 20.

Mesmo que o objetivo seja de que as pessoas caminhem, pelo menos, dez mil passos por dia, a empresa entende que nem todos estão aptos a isso logo no início. Portanto, o aplicativo permite a criação de metas menores. Assim que o alvo é alcançado, a distância fica maior, para incentivar o usuário a sair da zona de conforto.

Schlosser ainda explica que os clientes que não praticam a atividade física não são punidos com multas, eles apenas não recebem o bônus. Além do retorno financeiro, o sistema melhora o controle da saúde, pois permite aos médicos terem acesso aos detalhes das atividades físicas realizadas pelo paciente. “Podemos utilizar os dados das atividades físicas e dados de saúde para ajudar a planejar melhor o tratamento”, esclarece o empresário.  

Redação CicloVivo

 

(3007)

logo
Fechar
Abrir
logo