Inicio Negócios Edifício comercial de São Paulo vai tratar 100% do seu esgoto

Negócios

Edifício comercial de São Paulo vai tratar 100% do seu esgoto

Sistema vai operar de maneira integrada com Estação de Tratamento de Água já em funcionamento no prédio.

17 de abril de 2017 • Atualizado às 14 : 53

Estação de tratamento ainda vai proporcionar redução de gastos para o empreendimento. |

Edifício comercial de São Paulo vai tratar 100% do seu esgoto
5.97K
0

O Edifício Pátio Victor Malzoni, localizado na Avenida Faria Lima, em São Paulo, concluiu a ampliação de sua Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) e passa agora a tratar a totalidade do seu esgoto. Com isso, 100% da água com impurezas gerada no empreendimento passa a ser tratada e despoluída para ser reutilizada para fins menos nobres, zerando o fluxo de esgoto enviado pelo edifício para a rede pública de coletores.

A ETE do prédio tem capacidade para tratar 5.500m³ de esgoto por mês e utiliza processo aeróbio que, além de não gerar odores, é o mais moderno que existe. O sistema é totalmente automático e o monitoramento dos parâmetros de qualidade são realizados online de forma a garantir a qualidade no fornecimento da água resultante do processo.

De acordo com Flávio Engel, gerente de operações prediais da CBRE – administradora do condomínio, além do enorme ganho ecológico, a conclusão da ETE vai proporcionar redução de gastos no médio prazo para o empreendimento. “Com o sistema totalmente em operação, além de contribuirmos com a proteção ambiental, vamos ter uma economia de cerca de 50% dos nossos gastos com a concessionaria de serviço público de água e esgoto”, diz.

Foto: Divulgação

A Estação de Tratamento de Esgoto do edifício está integrada à Estação de Tratamento de Água (ETA), implantada desde 2015, que permite a coleta de água da chuva e do lençol freático, de condensação (ar-condicionado) e água cinza (pias e lavatórios de banheiros) para o reuso não potável. A água tratada tanto na ETE quanto na ETA tem como destino o reuso em descarga sanitária, irrigação de jardins, lavagem de pisos, entre outros usos.

A iniciativa faz parte do programa EcoMalzoni implantado em outubro de 2015 no empreendimento, que tem como mote “Transformar Espaços e Pessoas”, diminuindo desperdícios e aumentando a conscientização e o envolvimento dos usuários do condomínio para questões de qualidade de vida e sustentabilidade. Além das duas estações de tratamento, o Pátio Victor Malzoni tem um programa de gerenciamento de resíduos para geração de adubo orgânico (horta subterrânea), usina termoelétrica própria, tomadas para 30 carros elétricos e 141 híbridos e serviços para estimular o uso de bicicleta.

Foto: Divulgação

(5974)

logo
Fechar
Abrir
logo