Inicio Tecnologia Drones vão transportar sangue e medicamentos em Ruanda

Tecnologia

Drones vão transportar sangue e medicamentos em Ruanda

A ideia é usar os equipamentos para levar remédios aos locais mais extremos do país.

17 de fevereiro de 2016 • Atualizado às 11 : 30

As viagens devem ser mais rápidas e a quantidade de pessoas atendidas também deve crescer. | Foto: Sloot/iStock by Getty Images

Drones vão transportar sangue e medicamentos em Ruanda
557
0

Os drones representam um enorme avanço na tecnologia. Este pequeno sistema versátil, que permite a aviação guiada por controle remoto tem sido usada para muitos propósitos. Um dos projetos mais recentes tem poder para melhorar a qualidade de vida e renovar as esperanças de pessoas que vivem em regiões afastadas em Ruanda, na África. A ideia é usar os equipamentos para levar remédios aos locais mais extremos do país.

O CicloVivo já diferentes projetos que aproveitam a facilidade oferecida pelos drones para monitorar o desmatamento, para universalizar a internet e até para plantar árvores. No entanto, está é a primeira vez que falamos sobre usar o equipamento para fins médicos.

O projeto foi idealizado pelo governo de Ruanda, em parceria com uma empresa norte-americana especializada na área de robótica, a Zipline. Além de conseguir transportar cargas de medicações, os drones devem ajudar a levar outros suprimentos essenciais para atendimentos emergenciais, como bolsas de sangue.

Atualmente, este tipo de serviço é feito através de motocicletas. Mas, a dificuldade na estrutura rodoviária em áreas rurais, torna o trajeto lento e precário.

Para que o novo sistema funcione, o país está desenvolvendo portos para drones. Apelidados de Droneport, os locais servirão como centrais de armazenamento de suprimentos e drones. Assim, as viagens devem ser mais rápidas e a quantidade de pessoas atendidas também deve crescer.

Os primeiros testes devem ser feitos em agosto deste ano. Dando certo, o governo de Ruanda já tem planos para expandir a estrutura, para alcançar o maior número possível de pessoas.

Redação CicloVivo

(557)

logo
Fechar
Abrir
logo