Inicio Cidadania Crianças da Cohab plantam hortas e têm aulas de educação ambiental em Curitiba

Cidadania

Crianças da Cohab plantam hortas e têm aulas de educação ambiental em Curitiba

Eles têm a oportunidade de plantar, aprender sobre os alimentos e ainda saboreá-los.

1 de junho de 2016 • Atualizado às 10 : 02

Nas aulas práticas, os alunos são divididos em grupos para realizarem as diferentes tarefas. | Foto: Rafael Silva/Cohab

Crianças da Cohab plantam hortas e têm aulas de educação ambiental em Curitiba
4.51K
0

O projeto de horta educativa foi implantado na Unidade de Educação Integral Pilarzinho, localizada na Vila Nori, em Curitiba. Lá, crianças de cinco a 11 anos, que moram no conjunto da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), têm a oportunidade de plantar, aprender sobre os alimentos e ainda saboreá-los.

No período da manhã, as crianças realizam atividades extracurriculares artísticas, esportivas e ambientais. E à tarde, elas desenvolvem o aprendizado regular, do 1º ao 5º ano. Entre as atividades ambientais está a produção de uma horta, com alface, rúcula, rabanete, almeirão, cebolinha e salsinha.

Foto: Rafael Silva/Cohab

Foto: Rafael Silva/Cohab

Nas aulas práticas, os alunos são divididos em grupos para realizarem as diferentes tarefas, como adubar, plantar, retirar o mato e colher. O pequeno Yuri da Silva, 9 anos, conta sobre as descobertas que tem realizado na horta. “Gosto de mexer com terra e acho legal quando a gente tira a alface e leva pra comer, eu acho que fica mais gostosa que a do mercado”, diz.

Foto: Rafael Silva/Cohab

Foto: Rafael Silva/Cohab

De acordo com a pedagoga Simeia Araújo Brasileiro, as atividades ambientais estão sendo de grande relevância, uma vez que o paladar dos alunos está melhorando. “A maioria deles não gostava de comer verduras, agora eles repetem o prato. É bonito de ver a empolgação porque eles colhem e comem tudo o que plantam”, conta. Além da mudança nos hábitos alimentares, o técnico ambiental Vagner Natalício Cypriano de Aguiar explica que a ação aborda também outras temáticas. “Eles estão aprendendo sobre saúde, higienização e sobre a segurança de ingerir alimentos sem agrotóxicos e cultivados por eles mesmos”, explica.

E o aprendizado ultrapassa a escola, como no caso de Vitória Gabrieli, 10 anos, que levou o conhecimento para casa. “Pedi para o meu pai me ajudar e a gente fez uma horta na minha casa. Agora, além de comer alface, tomate, rúcula e outras coisas saudáveis na escola, eu também como junto com a minha família”, conta.

Da Prefeitura de Curitiba

(4514)

logo
Fechar
Abrir
logo