Inicio Vida Sustentável Conheça os benefícios da quinoa

Vida Sustentável

Conheça os benefícios da quinoa

O cereal se destaca por conter o dobro de proteínas de um cereal tradicional, além de gorduras “boas”

1 de julho de 2013 • Atualizado às 11 : 59

Conheça os benefícios da quinoa
6.36K
0

A quinoa continua rendendo boas notícias. Em 2013, Ano Internacional da Quinoa (ONU) e do 4º Congresso Mundial, especialistas reunidos no Congresso Científico sobre Quinoa, realizado em La Paz, na Bolívia, decidiram criar a Associação Científica do Grão de Ouro. O objetivo é envolver todos os produtores e pesquisadores para disseminar informações sobre o cereal e incentivar novas descobertas sobre seus benefícios à saúde.

A quinoa – também conhecida como “comida de astronauta” por ser a base dos cardápios da NASA em viagens espaciais – tem origem milenar. Já era consumida pelas primeiras civilizações da América e várias organizações modernas buscam difundir seu consumo no âmbito da saúde pública.

O cereal se destaca por conter o dobro de proteínas de um cereal tradicional, além de gorduras “boas” – que contribuem para a redução do colesterol “ruim” no sangue -, carboidratos como amido (que ajudam no processo digestivo), minerais como cálcio e fósforo, e vitaminas do complexo B, C e E.

Além disso, a quinoa não contém açúcares e seu teor de ferro é mais elevado que o de outros alimentos básicos. Embora a porcentagem de proteínas seja menor que a da carne vermelha, sua qualidade proteica é altíssima, pois contém oito aminoácidos essenciais para o ser humano. Rica em fibras, a quinoa apresenta uma excelente proporção de nutrientes e é o alimento ideal para todo tipo de dietas, inclusive para celíacos, já que não contém glúten.

A ciência da quinoa

Um estudo científico recente comprovou que a quinoa também contém fitoestrógenos, substância química que previne doenças crônicas como a osteoporose, o câncer de mama, doenças cardíacas e distúrbios femininos ocasionados pela queda da produção de estrógeno durante a menopausa.

Outro estudo comparativo, que forneceu sementes e farinha de quinoa a crianças desnutridas, comprovou que uma dieta baseada no cereal fracionado aumenta significativamente a digestão de gorduras e carboidratos. A mesma experiência demonstrou a alta qualidade de suas proteínas para o consumo humano.

Os desafios da produção da quinoa

Paralelamente, a ciência também investiga como melhorar a produção da quinoa, já que a crescente demanda internacional está afetando as práticas de cultivo e o meio ambiente, reduzindo a oferta aos consumidores locais. Vale mais a pena vender para países como França, Estados Unidos e Canadá. O aumento da demanda também intensifica a plantação extensiva, e a ausência de rotação de cultivos agrava a erosão do solo.

As informações são do Discovery Brasil.

(6357)

logo
Fechar
Abrir
logo