Inicio Mobilidade Cidade nos EUA vai dar passagem de ônibus de graça para reduzir trânsito

Mobilidade

Cidade nos EUA vai dar passagem de ônibus de graça para reduzir trânsito

Ideia é incentivar os moradores a deixarem o carro em casa.

10 de agosto de 2017 • Atualizado às 12 : 03

Foto: iStock by Getty Images

Cidade nos EUA vai dar passagem de ônibus de graça para reduzir trânsito
2.28K
0

As empresas que operam no centro da cidade de Columbus, em Ohio (Estados Unidos), perceberam que já não há mais lugar para os motoristas de carro estacionarem. A solução para este problema? Incentivar a população a trocar o veículo individual pelo ônibus. Essa é a alternativa apresentada também para reduzir o tráfego.

Hoje, para suprir a demanda de estacionamento, a cidade precisaria construir cerca de quatro mil novos espaços. Com mais lugares disponíveis, os veículos ficariam acomodados por um tempo, mas logo a demanda aumentaria novamente e a estratégia seria impossível de ser manter ao longo dos anos.

Então, ao invés de novas garagens, Columbus quer que os moradores deixem o carro em casa. Para isso, a partir de junho de 2018 uma associação financiada por proprietários do centro da cidade planeja oferecer passes de ônibus gratuitos para mais de 40 mil pessoas que trabalham na área.

Inclusive, segundo o Fast Company, a associação já realizou um piloto para ver o que aconteceria se oferecessem passes de ônibus gratuitos para os trabalhadores da área e o resultado foi um sucesso: entre 844 funcionários das quatro empresas do piloto, o número de passageiros de ônibus dobrou de 6,4% para 12,2%. Com base nesses resultados, o grupo votou recentemente para oferecer passes de ônibus gratuitos a longo prazo, de junho de 2018 até o final de 2020.

Outro ponto levantando é a questão da poluição do ar. A taxa de asma infantil na região representa o dobro da média nacional, em 15,8%. Em um ano, o programa estima que ajudará a evitar mais de 10 milhões de emissões de CO2.

O problema de vagas no centro da cidade começou ao longo dos últimos anos, quando os estacionamentos deram lugar a prédios residenciais – ao passo que cresceu o número de motoristas que escolhem veículos individuais para fazer o trajeto casa trabalho.

Redação CicloVivo

(2278)

logo
Fechar
Abrir
logo