Inicio Negócios Chega ao mercado primeira marca brasileira de calcinha absorvente

Negócios

Chega ao mercado primeira marca brasileira de calcinha absorvente

Produto oferece conforto e segurança durante período menstrual, e minimiza impacto ambiental.

29 de agosto de 2017 • Atualizado às 08 : 08

Foto: Divulgação

Chega ao mercado primeira marca brasileira de calcinha absorvente
2.59K
0

Apostando na transformação definitiva do comportamento feminino no Brasil, a Pantys chega ao mercado com o conceito de calcinhas absorventes, propondo melhorar a qualidade de vida das mulheres com a junção de tecnologia, design, saúde e sustentabilidade.

O período menstrual normalmente vem acompanhado de alguns fatores físicos e emocionais que têm o poder de impactar o dia a dia da mulher. A ideia é tornar a rotina mais simples e mudar a relação do universo feminino com o fluxo menstrual.

A calcinha é reutilizável, dura aproximadamente dois anos e possui tecido antimicrobiano com bloqueador de odores e alta capacidade de absorção. Com apenas 1/3 da espessura do absorvente comum, o produto absorve o equivalente a dois absorventes externos em média.

A Pantys chega ao mercado com foco nas brasileiras, que apresentam perfil diferente das americanas e que já conhecem produtos semelhantes, utilizados principalmente como proteção extra, uma vez que 70% das mulheres nos EUA usam absorvente interno. Por aqui, o mercado é o extremo oposto, hoje, 86% das mulheres usam absorvente externo, o que motivou a Pantys a desenvolver um tecido com tecnologia em camadas com maior absorção para que a peça pudesse substituir o método tradicional mais utilizado no Brasil.

Além do conforto e da segurança durante o período menstrual, a Pantys chama atenção para a conscientização do impacto ambiental que uma mulher, durante a vida fértil, pode produzir. São aproximadamente 450 ciclos menstruais, em média, 150 quilos de absorventes, que são descartados como lixo orgânico no meio ambiente. Com a calcinha Pantys, os montantes de lixo gerados com o descarte podem ser reduzidos significativamente. E, claro, uma economia financeira em relação ao gasto com absorventes descartáveis.

A marca pretende engajar mulheres com diferentes perfis de corpo. Para isso lança quatro modelos de calcinha com preços que variam de R$75,00 a R$95,00. As peças estão à venda no e-commerce da marca  e podem ser utilizadas de 6 a 10 horas, nos dias de fluxo mais intenso, e durante o dia todo, nos dias de fluxo mais leve ou como proteção diária.

(2588)

logo
Fechar
Abrir
logo