Inicio Arquitetura & Design Casa de terra na Espanha reduz 50% das emissões de CO2

Arquitetura & Design

Casa de terra na Espanha reduz 50% das emissões de CO2

Na arquitetura vernacular são empregados materiais e recursos do próprio ambiente em que a edificação é construída.

4 de maio de 2017 • Atualizado às 15 : 31

Cerca de 80% da casa é composta por terra, palha e pedra. | Foto: Xavier d’Arquer/Doblestudio

Casa de terra na Espanha reduz 50% das emissões de CO2
2.15K
0

Imagine uma casa feita de terra com palha. A princípio parece algo bem rústico, então acrescente uma bela estética, técnicas de construção sustentável e um prêmio de arquitetura moderna. Tudo isso e mais um pouco compõem um projeto espanhol vencedor do Terra Award 2016.

Batizado de Maison vernaculaire, o projeto foi executado em Ayerbe, município da Espanha, onde o êxodo rural levou a perda do conhecimento tradicional, acredita a arquiteta Angels Castellarnau Visus. Para incentivar a comunidade local, a profissional apostou na arquitetura vernacular – em que se emprega materiais e recursos do próprio ambiente em que a edificação é construída.

Desta forma, cerca de 80% da casa é composta por terra, palha e pedra. Todos os materiais de construção foram obtidos em um raio de menos de 150 km. O resultado de valorizar os produtos locais foi uma redução de 50% nas emissões de CO2, segundo uma análise de ciclo de vida da construção.

Com 276 m2, a residência possui um sistema de coleta e reutilização de água da chuva, uma caldeira de biomassa e janelas amplas que propiciam a entrada de luz natural e, portanto, a redução do uso de energia elétrica.

Da fachada ao revestimento interior, foram usados argila local e madeiras de reflorestamento. E o mais bacana é que, no fim, a construção se integra perfeitamente ao bairro com suas antigas casas.

Redação CicloVivo

(2151)

logo
Fechar
Abrir
logo