Bola que produz energia elétrica é apresentada no RJ
13 de Junho de 2012 • Atualizado às 05h04

Uma bola que produz energia elétrica foi desenvolvida por duas alunas da Universidade Harvard, nos Estados Unidos. A inusitada invenção foi apresentada no Rio de Janeiro durante o TEDx Rio+20 e deve fazer sucesso no país do futebol.

O invento foi batizado de sOccket, junção das palavras soccer (futebol) e socket (conector de tomada). A bola possui um mecanismo interno acoplado, que funciona como um motor. O aparelho gira, produz e captura a energia cinética gerada enquanto a bola rola em uma partida. Em meia hora de jogo, a bola acumula energia suficiente para manter uma lâmpada de LED acesa por três horas ou carregar a bateria de um celular.

A bola foi desenvolvida pelas amigas Jessica Matthews e Julia Silverman quando estudavam em Harvard. Jessica era aluna de psicologia social e economia, enquanto Julia cursava antropologia. Mesmo assim, surgiu o interesse pelas aulas de engenharia.

Foi pela vontade de ajudar comunidades carentes que o projeto nasceu. A dupla se matriculou em engenharia no final de 2008. Jessica é descendente de nigerianos e observando sua comunidade e o poder que o futebol tem ela se sentiu motivada a desenvolver o primeiro protótipo.

Para serem realizados os primeiros testes, a universidade ofereceu uma ajuda financeira. Ainda assim, não foi suficiente. As amigas tiveram que investir seus próprios recursos para chegar a uma versão final que poderia ser produzido em massa. Hoje, o projeto recebe doações de empresas privadas e ONGs. Com apenas 60 dólares é possível patrocinar uma bola sOccket e uma lâmpada para uma criança.

A bola está em fase de testes na Nigéria, África do Sul, Haiti, Espanha, México, El Salvador e Libéria. Os próximos países a receber a sOccket serão Honduras, Benin e Brasil. A estimativa é de que sejam distribuídas 7,5 mil bolas nos próximos meses.

Por enquanto, as garotas buscam parceiros para avaliarem o processo de produção, distribuição e venda em território brasileiro. A expectativa é de que até o fim de 2012, a bola esteja a venda no site unchartedplay.com, o preço ainda não foi definido.

Jessica veio ao Brasil para a TEDxRio+20, que acontece em paralelo à Rio+20. Ela fará uma palestra apoiando os objetivos da conferência e espera inspirar as pessoas mostrando que a sustentabilidade além de ser essencial pode ser divertida também. Com informações do Estadão.

Redação CicloVivo



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos |

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2013.