Artista sul-coreano usa 1.000 portas reaproveitadas em fachada de prédio
19 de Abril de 2012 • Atualizado às 12h40

O artista e designer sul-coreano, Choi Jeong-Hwa, conseguiu transformar o conceito de construção, ao dar um toque de sustentabilidade e irreverência a um edifício em Seul. A instalação conta com mil portas reaproveitadas, instaladas em toda a fachada.

O trabalho foi concluído em 2009 e batizado de “Doors”, que em português significa portas e é um nome que representa bem este projeto. As portas usadas pelo artista são todas antigas e juntas formam uma diversidade sem tamanho de cores e estilos.

As portas que dão forma ao prédio permanecem fechadas, mas ainda assim Jeong-Hwa se preocupou em usar também modelos que tivessem janelas ou vidros acoplados para preservar a iluminação natural.

O artista sul-coreano explica que a sua inspiração vem de coisas simples e da maneira como as pessoas “normais”, ou seja, quem não é artista profissional, lida com diferentes materiais. “Trabalho com coisas de uso diário e tento transformá-las em arte”, declarou ele em vídeo divulgado pelo site “The Creators Project”.

Além do prédio feito com portas, Jeong-Hwa foi o responsável por outra grande obra sustentável. Durante a olimpíada de design de Seul, em 2008, ele decorou o estádio olímpico com o lixo plástico, entregue por dez milhões de pessoas. Tudo foi pendurado na parede externa da construção e o projeto foi apelidado de “Junte Junto”. O principal conceito por trás das criações do sul-coreano é conseguir mesclar o novo e o velho e, sempre que possível, transformar o que parece velho em algo novo.

Veja abaixo o vídeo em que Choi Jeong-Hwa descreve suas criações:



Faça você mesmo

institucional capa | quem somos | cadastre-se | sugestão de pauta | como anunciar | contato
canais meio ambiente | tecnologia | arquitetura | mídia e negócios | desenvolvimento | vida sustentável | cidadania | bike | faça você mesmo | vídeos

CicloVivo - Plantando notícias | Todos direitos reservados 2014.