Inicio Arquitetura & Design Artista usa lixo encontrado nas praias para fazer esculturas

Arquitetura & Design

Artista usa lixo encontrado nas praias para fazer esculturas

Fotógrafo monta intervenções artísticas para alertar o estrago causado pelos banhistas.

5 de janeiro de 2015 • Atualizado às 16 : 10

Artista usa lixo encontrado nas praias para fazer esculturas
9.58K
0

O lixo jogado indevidamente nas praias de Houston, nos EUA, deu origem a várias intervenções artísticas que chamam a atenção das pessoas para este tipo de poluição. As esculturas foram montadas por Jeremy Underwood, fotógrafo que elaborou a exposição “Human Debris” (Restos Humanos) – em que é possível conferir os registros das esculturas produzidas a partir do estrago causado pelos banhistas.

Para elaborar seis esculturas, Underwood se apropriou de milhares de garrafas PET, pedaços de madeiras, latinhas, bitucas de cigarros e vários tipos de plásticos encontrados à beira-mar, nas praias de Houston. A decepção de pisar em uma praia e encontrar tantos resíduos no local foi o motivo que incentivou o fotógrafo a elaborar a exposição, que faz um alerta aos danos causados pela poluição das praias.

“A exposição Human Debris é uma representação dos vestígios dos homens na paisagem natural”, alerta Underwood na sua página na web. Para o fotógrafo, o objetivo da ação é conscientizar os banhistas sobre a importância de não jogar lixo nas praias, pois, além de deixar a água imprópria para banho, os resíduos contaminam a areia e o mar, prejudicando diversos ecossistemas.

Além de construir e exibir as obras de arte, o norte-americano já produziu duas exposições fotográficas sobre os impactos da ação do homem sobre o meio ambiente. No trabalho “Nature’s Scare”, Underwood destaca as “cicatrizes” deixadas pela atividade de extração de minérios na Califórnia.  Em outra exposição do mesmo artista, chamada de “Chernobyl”, o norte-americano mostra que as consequências do desastre nuclear ocorrido em 1986 ainda são muito evidentes.

Para produzir a intervenção, o norte-americano se inspirou no fotógrafo britânico Andy Goldsworthy, famoso por retratar imagens de esculturas naturais. Underwood também é influenciado pelo artisita plástico Richard Long e por Robert Smithson, escultor e pintor que produz obras com relevos artificiais. 


Com informações do SHFT.

Redação CicloVivo

(9575)

logo
Fechar
Abrir
logo