Inicio Faça você mesmo Aprenda a fazer uma cisterna e aproveite a água da chuva para economizar

Faça você mesmo

Aprenda a fazer uma cisterna e aproveite a água da chuva para economizar

O recurso não é potável, mas pode ser usado para a limpeza, rega de plantas, descarga, entre outras coisas.

5 de outubro de 2015 • Atualizado às 15 : 29
Aprenda a fazer uma cisterna e aproveite a água da chuva para economizar

O sistema é muito simples e prático. | Foto: Divulgação

71.22K
0

Cisternas não são itens altamente tecnológicos, mas a sua eficiência vem de longa data. O sistema simples permite que água da chuva seja capturada e armazenada para o uso posterior. Ele já é bastante comum no nordeste do Brasil, em locais que sofrem que a estiagem durante a maior parte do ano. Diante da crise hídrica vivenciada no sudeste do país, esta também tem sido uma opção para a região.

Através do movimento Cisterna Já, formado por um grupo independente de cidadãos preocupados com a preservação dos recursos hídricos, qualquer pessoa pode ter acesso a dicas on-line sobre como produzir uma cisterna simples em casa. Além disso, a iniciativa também conta com encontros pontuais que funcionam como oficinas, em que são ensinadas as técnicas para a fabricação do sistema. Clique aqui para acessar o manual.

Na página do movimento são divulgadas algumas informações básicas sobre as cisternas, mas os internautas também têm acesso a outros links importantes para quem quer iniciar. Uma das opções é o vídeo do canal Consumo Consciente, com todo o passo a passo para que qualquer pessoa possa construir a sua própria minicisterna.

O sistema é muito simples e prático. Ao invés de deixar a água da chuva simplesmente ir embora, é possível conectar a cisterna à calha e aproveitar centenas de litros de água. O recurso não é potável, mas pode ser usado para a limpeza, rega de plantas, descarga, entre outras coisas, permitindo a economia de uma grande quantidade de água.


Foto: Reprodução/YouTube

A opção é barata e pode ser aplicada em qualquer casa, sem a necessidade de muito espaço, o que o torna ideal também para o meio urbano. Também não é necessário ter muito conhecimento sobre o manuseio de ferramentas para implantá-lo e a redução no desperdício é inegável.

Redação CicloVivo

(71222)

logo
Fechar
Abrir
logo