Inicio Vida Sustentável 9 motivos para consumir alimentos orgânicos

Vida Sustentável

9 motivos para consumir alimentos orgânicos

Uma alternativa para quem procura melhorar a qualidade da alimentação é introduzir alimentos orgânicos em sua dieta.

25 de outubro de 2016 • Atualizado às 09 : 09

Por não envolver produtos químicos em sua produção, a agricultura orgânica é considerada uma agricultura sustentável. | Foto: iStock by Getty Images

9 motivos para consumir alimentos orgânicos
1.84K
0

A alimentação vem sendo um grande problema do século XXI. O excesso de conservantes e aditivos químicos na indústria alimentícia é um desafio para aqueles que buscam manter uma rotina saudável.  De acordo com o especialista em Agricultura Orgânica Thiago Tadeu Campos, a alternativa para quem procura melhorar a qualidade da alimentação é introduzir alimentos orgânicos em sua dieta.

Veja abaixo a lista com 9 motivos para consumir mais orgânicos:

  1. São mais nutritivos

Produtos industrializados sofrem modificações que os tornam saborosos, com uma maior durabilidade, porém, menos nutritivos. A vantagem do alimento orgânico é que, por ser produzido naturalmente e sem interferência humana, preserva suas principais propriedades naturais.

  1. São mais saborosos

Estudos comprovam que alimentos orgânicos tendem a ser mais saborosos por manter o alimento como um todo em seu estado mais puro. Os vegetais orgânicos, por exemplo, não recebem pesticidas diretamente em suas folhas, como acontece com a produção convencional.

Close up of various colorful raw vegetables on wooden background.

Foto: iStock by Getty Images

  1. Prevenção de doenças

Uma alimentação saudável em longo prazo traz inúmeras vantagens. Entre elas podemos citar a prevenção de doenças como o câncer. Outro ponto relevante é que, uma alimentação orgânica aumenta a imunidade e a resistência a outras doenças, isso se deve ao melhor aproveitamento dos nutrientes do alimento.

  1. Não contêm alterações químicas e genéticas

A luta contra o uso de pesticidas, promotores artificiais de crescimento, agrotóxicos e outros aditivos químicos é um dos maiores desafios para quem produz alimentos orgânicos. Para manter a integridade do alimento orgânico, é proibido o uso de qualquer interferente químico. O alimento deve ser produzido da forma mais natural possível.

  1. Não possuem adição de hormônios ou antibióticos

Tanto a pecuária como a avicultura têm estabelecido o uso de hormônios a antibióticos para sanar problemas de saúde e potencializar o crescimento animal. Numa produção orgânica não é necessária tal interferência, uma vez que os animais adoecem menos e, quando necessário, são tratados com fitoterápicos.  O uso de hormônios é proibido tanto pela saúde do animal como pela do consumidor.

Foto: iStock by Getty Images

Foto: iStock by Getty Images

  1. Você mesmo pode cultivar produtos orgânicos

A agricultura orgânica também pode ser caseira. Pequenas hortas com folhas, temperos e até algumas frutas podem ser cultivadas em ambientes domésticos, basta que a planta seja hidratada com água potável e que receba apenas adubos orgânicos.

  1. Agricultura orgânica é sustentável

Por não envolver produtos químicos em sua produção, a agricultura orgânica é considerada uma agricultura sustentável. A água utilizada nas plantações não recebe os restos de agrotóxicos e pesticidas, o ar se mantém limpo e os canteiros participam de uma rotação que busca preservar e enriquecer o solo, evitando o desmatamento e conservando o equilíbrio da natureza.

  1. Incentivo aos pequenos agricultores

Outra vantagem da agricultura orgânica é que essa pode – e deve – ser realizada em pequenas propriedades. Os cuidados exigidos do produtor são semelhantes aos da agricultura comum. No entanto, quando certificados, os alimentos orgânicos podem ser vendidos por um preço melhor do que o alimento convencional.

Foto: iStock by Getty Images

Foto: iStock by Getty Images

  1. Bem-estar animal

Devido ao alto consumo de carnes, ovos e leite, abatedouros e granjas têm elaborado sistemas industriais para conseguir abastecer o mercado. Os animais ficam em locais apertados, com pouca ventilação e são alimentados muitas vezes de maneira invasiva. O sistema orgânico possui um conjunto de regras que visam especialmente o bem-estar animal e elas devem ser seguidas por todos os produtores.

DESCRICAO_AUTOR_THIAGO_TADEU_CAMPOS

 

(1837)

logo
Fechar
Abrir
logo