Inicio Vida Sustentável 17 passos para se livrar da produção de lixo em casa

Vida Sustentável

17 passos para se livrar da produção de lixo em casa

Dicas úteis e práticas para parar de produzir e acumular resíduos.

1 de novembro de 2016 • Atualizado às 16 : 00
17 passos para se livrar da produção de lixo em casa

Algumas dicas para quem quer seguir este caminho, mas não sabe por onde começar. | Foto: iStock by Getty Images

30.85K
0

Reduzir todo o lixo produzido por uma família por um ano a ponto que ele caiba dentro de um pote. Parece inacreditável, mas foi isso que duas famílias fizeram e a experiência é compartilhada por meio de um blog.

Tara Smith vive com seu marido, os dois filhos e um cachorro na cidade canadense Victoria, província de Colúmbia Britânica. O interesse por livrar-se da produção de lixo surgiu quando sua amiga Katelin Leblond (também casada e mãe de duas crianças) mencionou que estava lendo o bestseller “Waste Free Home” (Casa livre de resíduos, em tradução livre), de Bea Johnson. Após muita pesquisa e conversa, inclusive com suas respectivas famílias, ambas resolveram mudar radicalmente seus hábitos.

Há um ano elas deram início a jornada de minimizar ao máximo a produção de lixo. Escolhas e cuidados diários, dentro e fora de casa, fizeram com que, após um ano, elas possam ver todos os resíduos de suas famílias em dois potes de vidro. Os detalhes da experiência delas podem ser lidos aqui.

Inspirado nessas duas famílias, o CicloVivo separou algumas dicas para quem quer se livrar do lixo, mas não sabe por onde começar. Veja abaixo quais são elas:

– Deixe à vista o que realmente precisa em sua casa. Isso evita ter que comprar um produto novo só porque não encontrou o que estava “escondido” no fundo do armário.

– Substitua um item somente quando estiver quebrado e ao fazê-lo, se possível, opte por modelos mais eficientes.

– Faça compras a granel e leve sempre recipientes, sacolas reutilizáveis e potes.

– Questione o quanto cada item em sua casa é necessário. Tudo que não for usado ou tiver mais de um produto para a mesma finalidade deve ser ou doado ou vendido.

– Outro passo para se livrar das embalagens é aprender a preparar os produtos que são vendidos em embalagens, como iogurte, molho para salada, biscoitos, pães.

– Faça também seus produtos de limpeza. Há inúmeras receitas na internet que ensinam como substituir os principais itens de higiene fazendo uso de ingredientes caseiros. Basicamente, vinagre, limão e bicarbonato de sódio são essenciais.

– Dê preferência por pastas de dentes naturais.

– Limpe seu armário: O que não usou nos últimos dois anos? Ainda te serve? É prático? É uma peça que combina com as outras em seu armário? Se a resposta para todas as questões for não, está na hora de passar o vestuário para frente.

– Na cozinha, mantenha frascos de vidro para armazenar compras a granel, sobras e molhos.

– Substitua toalha de papel por guardanapos de pano.

– Use tábuas de corte de madeira ou bambu.

– Ainda na cozinha, dê preferência por recipientes de aço inoxidável.

– Substitua as lâminas descartáveis por um aparelho de barbear

– Substitua os absorventes internos e/ou externos por um coletor menstrual.

– Ao invés de tentar banir totalmente o plástico, dê preferência pelas empresas que trabalham com plásticos reciclados.

– Quando não for possível evitar a compra de produtos embalados, priorize sempre aqueles menos agressivos ao meio ambiente.

– Quando for sair, monte um kit de “sobrevivência” com itens que podem ser úteis fora de casa: garrafa de água, copo reutilizável ou caneca, um recipiente que seja útil para guardar sobras de comida.

Vá com calma, você não conseguirá se livrar de todo de uma só vez. Além disso, é importante ressaltar que a transição para uma vida livre de produção de resíduos não pode representar um encargo financeiro. Por isso, sempre use os itens que já possui e só quando a troca for necessária é que se deve priorizar a compra de produtos ecológicos.

Redação CicloVivo

(30848)

logo
Fechar
Abrir
logo