A culinária é uma arte que pode servir também como terapia. Poucas coisas podem ser tão prazerosas do que passar um sábado ou domingo no aconchego do lar, receber os amigos ou reunir a família, para jogar conversa fora, preparar receitas novas e degustar uma excelente refeição preparada pelos anfitriões.

Até mesmo na preparação das refeições do dia-a-dia é possível deixar a comida mais saborosa com a utilização de temperos cultivados no jardim de casa ou em pequenos espaços nos apartamentos.

O livro “Sabores da Horta – do plantio ao prato”, publicado pela Codeagro (Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios), da Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo, traz dicas sobre o tema.

Como e onde plantar, tipos e propriedades dos temperos, melhores épocas para o plantio e receitas muito originais, são alguns conteúdos do livro. Por exemplo, você sabia que é possível surpreender as visitas com um delicioso sorvete (diet) de manjericão?

De acordo com o “Sabores da Horta – do Plantio ao Prato”, o manjericão é um tempero rico em vitamina A e C e minerais como cálcio e potássio. Auxilia no alívio da tosse, bronquite, rouquidão, dores de garganta e auxilia no tratamento de aftas. É próprio para ser plantado em ambientes mais quentes e é utilizado para o tempero de carnes, peixes, sopas e molhos de tomate.

Baixe seu livro gratuitamente aqui.

Jornalista, social media e aparelhada para gostar de passarinhos. Tem interesse por mais assuntos do que é capaz de acompanhar. Aqui escreve sobre infinitas possibilidades de tornar o mundo um pouquinho melhor.