Uma horta comunitária proporciona benefícios em diversas proporções. Para tornar isso ainda mais claro, nós fizemos uma lista com alguns dos retornos positivos que um plantio urbano pode oferecer.

Ganhos individuais:

  1. Ter sempre alimentos frescos, livres de agrotóxicos e com garantia da procedência.
  2. Trabalhar em uma horta mantém a cabeça e o corpo sempre ativos.
  3. Desenvolve habilidades ligadas à jardinagem, artesanato e até marcenaria.
  4. Ajuda a aliviar o estresse e a praticar a paciência.
  5. Aprender a cultivar plantas estimula o conhecimento e acrescenta experiências práticas ao indivíduo.

Ganhos coletivos:

  1. Envolve a comunidade e aproxima vizinhos.
  2. Auxilia na educação ambiental, estimulando a minimização na produção de resíduos, reciclagem e compostagem.
  3. Empodera as pessoas e estimula a organização comunitária, pois envolve a tomada de decisões compartilhadas, a resolução de problemas, negociações, arrecadação e distribuição financeira, entre outras coisas.
  4. Valoriza o bairro e, consequentemente, o valor dos imóveis em toda a vizinhança.
  5. Serve como ponto de encontro e lazer, onde as pessoas podem se conhecer e compartilhar experiências.

Ganhos ambientais:

  1. Áreas verdes ajudam a combater as ilhas de calor.
  2. A agricultura urbana ajuda a aproximar as pessoas da natureza e a resgatar a importância da preservação para a manutenção da vida.
  3. Serve como refúgio para a biodiversidade local.

Se você quer testar se esses benefícios são realmente verdadeiros, que tal iniciar uma horta comunitária em seu bairro? Clique aqui e saiba como começar.

Redação CicloVivo