Plantar árvores em resposta ao desmatamento e às mudanças climáticas parece ser um ato simples, mas em condições áridas pode ser um grande desafio. Entretanto, a empresa internacional Land Life Company, com sede na Holanda, pode ter encontrado uma solução na forma de um tipo de vaso biodegradável feito a partir da polpa e subprodutos de culturas capazes de apoiar as mudas durante seu estágio mais vulnerável de desenvolvimento. Chamado de Cocoon (casulo em português), o produto tem mostrado excelente resultados, já que as árvores plantadas em mais de 12 países utilizando o sistema têm taxa de sobrevivência de até 95%.

Cocoon tem dois benefícios primários para as mudas. Primeiro ele protege a árvore contra o ambiente adverso, garantindo o abastecimento de água adequado para desenvolver raízes saudáveis ​​durante o primeiro ano. Além disso, o abrigo cilíndrico também protege as mudas de serem devoradas por pequenos animais, devido aos altos muros que cercam a pequena planta. O processo resulta em árvores adolescentes fortes e autossuficientes em água. O Cocoon vai se desintegrando no solo à medida que a estrutura da raiz da árvore se desenvolve.

O vaso biodegradável é feito com uma massa similar ao papelão. No entanto, ela possui uma variedade de materiais orgânicos, todos considerados seguros para o solo e manuseio. Devido ao seu formato, o Cocoon também cria um reservatório semelhante a uma vala, garantindo que as mudas tenham toda a umidade necessária para prosperar e crescer. A adição de fungos micorrízicos, presente em 90% das florestas do mundo, suporta a capacidade dos sistemas radiculares para absorver a umidade e também melhora o substrato, liberando enzimas que contribuem com nutrientes vitais.

Foto: Land Life Company

A Land Life Company já fez parceria com programas de plantio de árvores em 12 países pelo mundo para ajudar a restaurar a vida vegetal onde ela foi perdida, incluindo Peru e Chile. Outros programas já estão operando na nos Estados Unidos, México, Europa, África e Austrália.

Foto: Land Life Company

A empresa trabalha com viveiros locais para fornecer mudas de alta qualidade mais adequadas ao ambiente em que serão plantadas, isso resulta em mais chances de crescimento a longo prazo de árvores fortes e independentes. Segundo a empresa, o sistema autônomo chega a ser dez vezes mais barato que os métodos de plantio tradicionais. Com isso, é possível plantar muito mais árvores com o mesmo orçamento.

Veja também: Drone inteligente é capaz de plantar 1 bilhão de árvores por ano

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.