Um estúdio indiano de arquitetura, com sede em Nova Délhi, teve uma ideia incrível: usar cones de argilas para criar um sistema de ar condicionado eficiente, barato e praticamente sem gasto de energia.

O projeto é do Ant Studio que desenvolveu o aparelho exclusivamente para solucionar o calor que saia do gerador de uma fábrica em Délhi. O excesso de calor que era liberado na entrada da área externa da fábrica reduziu a produtividade dos trabalhadores ao mínimo. Ele aquecia toda a calçada e exterior do prédio, aumentando ainda mais a carga de ar condicionado do edifício.

Foi necessário implementar uma alternativa sustentável e barata e a equipe da Ant Studio decidiu usar um antigo método egípcio de resfriamento evaporativo para fornecer uma solução de baixo custo e efetiva. Este método utiliza um princípio da termodinâmica, quando o ar passa de um orifício maior para um menor, ele perde calor.

Para entender este método é só fazer um teste: coloque a mão na frente da sua boca e solte o ar com a boca aberta. Você vai sentir um calor. Agora faça a mesma coisa, porém assoprando, com os lábios quase fechados. Você vai sentir um ar fresco.Innovative-cooling-installation-in-New-Delhi-11-1020x610

Vale lembrar que este sistema só é efetivo quando está aliado a mecanismos de ventilação e ao ar quente. O ar quente, que é empurrado para dentro dos cones, sai mais fresco após passar por eles. A água evaporando e a cerâmica auxiliam no resfriamento. Neste caso, os arquitetos instalaram o equipamento na saída de ar do gerador de energia.

O design foi inspirado em uma colmeia, usando cones de cerâmica. A forma e o tamanho dos componentes cônicos foram personalizados por meio de análises computacionais. A geometria dos potes e a forma empilhada proporcionaram uma área de superfície maior para o resfriamento, assegurando que o ar não volte a entrar no gerador.

Foto: Ant Studio

Após a instalação, observou-se que o ar quente que passou por ela estava acima de 50oC. A água, que é reciclada da fábrica, circula em temperatura ambiente pelos cilindros com a ajuda de uma bomba, mas o processo também pode ser feito manualmente. Durante os testes, após atingir o efeito de resfriamento, a temperatura em torno do equipamento caiu para 36oC, enquanto a temperatura externa permaneceu em 42oC. Foi possível constatar ainda que a temperatura cai de 6 a 8 graus em torno da instalação quando a temperatura atmosférica está acima de 40 graus.

Esta solução de baixa energia e custo-benefício é fácil de construir e fornece resfriamento em ambientes externos, especialmente em instalações industriais ao ar livre em clima quente e seco. Ainda estão sendo feitos testes para saber se esta instalação pode ser usada internamente e como ela poderia ser adaptada ao ambiente interno.

Gostou? Então veja esta outra tecnologia, que segue quase o mesmo princípio implementada também na índia. Essa você pode fazer na sua própria casa.

Redação CicloVivo